Ferramenta de Busca
Capa | Modelos de Petições | Modelos de Contratos | Doutrinas | Jurisprudências | Sentenças | Dicionários | Loja Virtual
Ilegitimidade Passiva Ad Causam. Inocorrência. Estará Caracterizada A
Jurisprudência - Direito do Trabalho


ILEGITIMIDADE PASSIVA AD CAUSAM. INOCORRÊNCIA. Estará caracterizada a legitimidade ativa e passiva das partes para a causa, quando constatada a existência de um vínculo entre o autor da ação e a parte contrária, sendo que possui direito de ação aquele que se afirma titular de determinado direito material, ao passo que será parte passiva legítima aquele a quem caiba contrapartida obrigacional relativa ao direito material objeto da ação. (Processo 00256.2007.031.23.00-4. Desembargadora Leila Calvo. DJE/TRT23 275/2007. Data da publicação: 13/07/2007)



EXECUÇÃO – RESPONSABILIDADE DE EX-SÓCIO – Inexiste motivo para a responsabilização de patrimônio de ex-sócio, ainda que ele tenha participado da sociedade em boa parte do período laboral, se ausente a caracterização de fraude contra credores ou conduta ilícita. (TRT 12ª R. – AG-PET . 8317/2001 – (1594/2002) – Florianópolis – 1ª T. – Rel. Juiz Garibaldi T. P. Ferreira – J. 08.02.2002)



EMBARGOS DE TERCEIRO – CUSTAS – Restará violado o art. 5º, inciso II, da Constituição Federal se não for o Agravo conhecido, por deserção, em razão da ausência de recolhimento de custas processuais pelo Reclamante, ora Agravante. Isto porque ao contrário do que afirma o Agravado, o § 4º do artigo 789 da CLT impõe o referido ônus apenas em relação ao processo de conhecimento, não alcançando, portanto, a hipótese de embargos de terceiro incidentes em execução. (TRT 11ª R. – AP 0401/2001 – (894/2002) – Relª Juíza Marlene de Lima Barbosa – J. 21.02.2002)



HONORÁRIOS PERICIAIS – RESPONSABILIDADE – Cabe à parte sucumbente na perícia o pagamento dos honorários periciais, a teor do Enunciado 236/TST. (TRT 9ª R. – RO 06505/2001 – (06132/2002) – Rel. Juiz Roberto Dala Barba – DJPR 15.03.2002)



CONTRATO - ERRO DE PREENCHIMENTO - INTENÇÃO DAS PARTES - Nos termos do art. 112 do CCB/2002, deve ser privilegiada à intenção das partes em detrimento do sentido literal da linguagem constante das declarações de vontade. No caso dos autos, infere-se que o próprio reclamante admitiu achar estranho receber sobre valores das vendas efetuadas por outros vendedores, restando indene de dúvidas que a pactuação original referiu-se somente às vendas por ele realizadas. (TRT/SP - 01551200603102001 - RO - Ac. 2ªT 20090748470 - Rel. Odette Silveira Moraes - DOE 29/09/2009)



ACORDO COM DEVEDORA SUBSIDIÁRIA. EXCLUSÃO DAS DEMAIS DO PÓLO PASSIVO. VERBA PAGA A TÍTULO INDENIZATÓRIO. VALIDADE. É válido o acordo celebrado a título indenizatório unicamente entre o reclamante e a 2ª reclamada, com exclusão das demais reclamadas do pólo passivo, a fim de não se discutir eventual responsabilidade subsidiária, mormente in casu, em que não existiu qualquer indício de fraude. Improvido o recurso da previdência social. (TRT/SP - 03018200502502001 - RO - Ac. 4ªT 20090798044 - Rel. Ricardo Artur Costa e Trigueiros - DOE 02/10/2009)



COMPETÊNCIA DA JUSTIÇA DO TRABALHO - EMPREGADO PÚBLICO - PRÉVIA APROVAÇÃO EM CONCURSO PÚBLICO - REGIME CELETISTA - O ente público, quando contrata trabalhador sob o regime da CLT, equipara-se ao empregador particular, conferindo o caráter contratual da admissão, rechaçando qualquer vinculação dessa relação jurídica à estatutária e submete-se aos princípios e fundamentos de Direito do Trabalho inscritos na Consolidação, não se havendo confundir, portanto, o empregado público celetista com servidor estatutário. Por outro lado, é importante esclarecer que o eg. STF, ao conceder liminar na ADIN 3.395-6, afastou a competência desta Especializada apenas nos casos em que se tratasse de servidor submetido ao regime estatutário (vínculo jurídico-administrativo), nos casos de contrato nulo (sem prévia submissão a certame), bem como nos casos de irregular contratação temporária. Não sendo esta a hipótese em apreço, eis que é fato incontroverso nos autos que o autor foi devidamente aprovado em certame e submete-se ao regime celetista, é de se declarar a competência desta Justiça Laboral. Recurso ordinário a que se dá provimento. (TRT da 3.ª Região; Processo: 01155-2012-102-03-00-0 RO; Data de Publicação: 27/01/2014; Órgão Julgador: Sexta Turma; Relator: Jorge Berg de Mendonca; Revisor: Fernando Antonio Viegas Peixoto)



EXISTÊNCIA DE RELAÇÃO EMPREGATÍCIA – PERÍODO CLANDESTINO – FATO CONSTITUTIVO DE DIREITO – É do autor o ônus de provar suas alegações relativas à existência de liame empregatício em período clandestino, por se tratar, inquestionavelmente, de fato constitutivo de direito. (TRT 19ª R. – RO 00420.2001.056.19.00.6 – Red. Juiz Antônio Catão – J. 10.01.2002)



HORAS EXTRAS – REFLEXOS SOBRE O REPOUSO SEMANAL REMUNERADO – A teor do artigo 7º da Lei 605/49, computam-se no cálculo do repouso semanal remunerado as horas extras habitualmente prestadas. (TRT 17ª R. – AP 888/2001 – (793/2002) – Red. p/o Ac. Juiz José Carlos Rizk – DOES 30.01.2002)



HORAS EXTRAS – ACORDO DE COMPENSAÇÃO – NECESSIDADE DE FORMALIZAÇÃO ATRAVÉS DE INSTRUMENTO ESCRITO – ART. 7º, INC. XIII, DA CF/88 – O acordo tácito de compensação de horas não encontra guarida no ordenamento jurídico pátrio. Segundo o art. 7º, inc. XIII, da Constituição Federal, imprescindível se faz a formalização através de instrumento escrito – acordo ou convenção coletiva de trabalho. (TRT 12ª R. – RO-V . 5866/2001 – (01750/2002) – Florianópolis – 1ª T. – Rel. Juiz Antônio Carlos Facioli Chedid – J. 14.02.2002)



ACORDO FIRMADO ENTRE AS PARTES PERANTE A COMISSÃO DE CONCILIAÇÃO PRÉVIA. A Consolidação das Leis do Trabalho, ao prever a instituição de Comissões de Conciliação Prévia, o fez com a intenção de tentar conciliar os conflitos individuais do trabalho (artigo 625-A) e não como meio alternativo de se dar validade à quitação da rescisão do contrato de trabalho, cujos efeitos somente serão válidos, para o empregado com mais de um ano de serviço, quando feito com assistência do respectivo Sindicato ou perante a autoridade do Ministério do Trabalho (artigo 477, § 1° da CLT). Desta feita, em análise aos termos do acordo celebrado, observa-se que a reclamada apenas se valeu dessa conciliação para efetuar o pagamento das verbas rescisórias que, repita-se, reconheceu devidas, na tentativa, ainda, de dar eficácia liberatória plena, a fim da autoridade nada mais reclamar. Portanto, tem-se que as provas dos autos são suficientes para comprovar e de forma robusta, ser o acordo nulo de pleno direito, eis que eivado de vícios, não sendo apto a produzir qualquer efeito. Destarte, merece reforma a r. sentença de origem, para afastar a ocorrência de coisa julgada, determinando-se o retorno dos autos à Vara de origem, a fim de que nova decisão seja proferida. (TRT/SP - 01435200401202002 - RO - Ac. 2aT 20090476756 - Rel. Odette Silveira Moraes - DOE 07/07/2009)






Jurisprudências relacionadas
Confira outras jurisprudências relacionadas
Reconhecimento Do Vínculo – Pedido Principal Lógica E Juridicamente
Estabilidade Provisória. Gestante. Demissão. Pedido De Indenização Do
Gestante. Garantia De Emprego. Pedido De Indenização. O Objetivo Do
Recurso Extraordinário. Repercussão Geral Reconhecida. Competência Da
Salário Marginal. Prova. Ônus. Uma Vez Refutadas As Alegações
Horas Extraordinárias. Trabalho Externo. Motorista. Tacógrafo. A
Descontos. Hipóteses De Cabimento. Não Configuração. O Art. 462 Da
Inépcia. Horas Extras. Fundamentação Incompleta. Ausência De
Preposto. Desconhecimento Dos Fatos. Confissão Ficta. Quando O
Responsabilidade Subsidiária. Nos Termos Da Orientação
Ausência Da Reclamante Na Audiência De Instrução. Confissão Ficta.
Supressão De Horas In Itinere Por Acordo Coletivo De Trabalho.
Horas In Itinere. Supressão Do Pagamento Disciplinada Em Norma
A Culpa In Eligendo Por Parte Da Tomadora De Serviços Em Virtude Da
Petição Inicial. Inépcia. Extinção Do Feito Sem Resolução Do Mérito.
Acidente De Trabalho. Indenização Por Dano Patrimonial E Moral.
Outras Jurisprudências

Modelos de Petições
Modelos diversos de nosso repertório
Busca e Apreensão - Contrato de Financiamento com Alienação Fiduciária
Ação de Indenização por Danos Materiais e Morais Contra Empresas de Viagem
Medida Cautelar de Preparo de Seqüestro
Pedido de Habeas Corpus - Pena seria em Regime Semi-Aberto
Ação Negatória de Paternidade
Pedido de Restituição de Coisa Apreendida - Inquérito Arquivado
Ação de Reparação de Danos Materiais e Lucros Cessantes
Ação Anulatória de Débito Fiscal com Pedido de Depósito
Pedido de Revogação da Prisão Preventiva Decretada Ilegalmente
Contestação à Ação de Reparação de Danos por Acidente Automobilístico
Contestação em Ação Anulatória de Escritura Pública de Venda e Compra
Pedido de Liberdade Provisória - Falta dos Pressupostos para Prisão
Contestação à Embargos do Devedor fundado em excesso de execução
Embargos do Devedor por Excesso de Execução
Contestação à Ação de Alienação Judicial de Coisa Comum - Inventário
Abertura de Inventário pelo Rito de Arrolamento pela Viúva Meeira
Outros Modelos de Petições
Conteúdo Completo
Todo o acervo do site em seções
Modelos de petições
Modelos de contratos
Recursos de Multas
Textos doutrinários
Sentenças e acórdãos
Matérias publicadas
Expressões em latim
Dicionário jurídico
Jurisprudências
Súmulas


Central Jurídica
Todos os direitos reservados
Proibida a reprodução total ou parcial sem autorização