Ferramenta de Busca
Capa | Modelos de Petições | Modelos de Contratos | Doutrinas | Jurisprudências | Sentenças | Dicionários | Loja Virtual
Execução Fundada em Cédula de Crédito Bancário
Direito Civil


AGRAVO DE INSTRUMENTO. EXCEÇÃO DE PRÉ-EXECUTIVIDADE. EXECUÇÃO FUNDADA EM CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO. MEIO HÁBIL A DISCUSSÃO DE MATÉRIAS QUE NÃO RECLAMEM DILAÇÃO PROBATÓRIA. BANCO DO NORDESTE DO BRASIL. OPERADOR E GESTOR DO FINOR. LEGITIMIDADE ATIVA. CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIA. ASSINATURA DE DUAS TESTEMUNHAS. DESNECESSIDADE. MATÉRIAS OUTRAS QUE DEMANDAM DILIGÊNCIAS E DILAÇÃO PROBATÓRIA. VÍCIO DE REPRESENTAÇÃO SANÁVEL E VALORES EFETIVAMENTE DEVIDOS. MEIO ELEITO INADEQUADO. DESPROVIMENTO. - É cediço que a exceção de pré-executividade é construção doutrinária, agasalhada larga e amplamente pelos nossos Pretórios, pois fulcrada, notadamente, em matéria de ordem pública, art. 267, § 3Q, do Código de Processo Civil, a que o Judiciário há de conhecê-la de ofício, em qualquer tempo ou grau de jurisdição, infensa à preclusão, mesmo após a rejeição de embargos, se, nesta última hipótese, a ação de execução ainda estiver em curso. - A exceção de pré-executividade constitui instrumento idôneo à argüição da prescrição, bem como ao reconhecimento de nulidade de título verificada de plano, desde não haja necessidade de contraditório e dilação probatória. REsp 617029/RS, Rel>Ministro JOÃO OTÁVIO DE NORONHA, SEGUNDA TURMA, julgado em 27/02/2007, DJ 16/03/2007 p. 335. - Cabe ao Banco do Nordeste do Brasil S/A cobrar judicialmente os valores do FINOR, na qualidade de operador e gestor do fundo, e cumpre à SUDENE este papel quando há comprovado desvio de aplicação dos recursos emprestados, apurado mediante processo administrativo. REsp 838.031/PB, Rel. Ministro HUMBERTO GOMES DE BARROS, TERCEIRA TURMA, julgado em 18.12.2007, DJe 23.06.2008. - A cédula de crédito bancário, por expressa previsão do art. 28 da Lei 10.931/04 é titulo executivo extrajudicial, representando dívida em dinheiro, certa, líquida e exigível, não necessitando, dessa forma, de assinatura de duas testemunhas para a sua validade. (TJPB - Acórdão do processo nº 00120050004116001 - Órgão (1ª Câmara Cível) - Relator DES. MANOEL SOARES MONTEIRO - j. em 11/02/2010)





Páginas de resultados: 1


Jurisprudências relacionadas
Confira outras jurisprudências relacionados
Responsabilidade do Fiador
Ação Constitutiva
Cláusula Contratual Abusiva
Aluguel de Apartamento
Redirecionamento da Execução para Atingir Sócio
Ação Revisional de Contrato de Financiamento
Ação de Guarda de Menor
Ilegitimidade Passiva dos Sócios
Preclusão
Vício de Representação
Novação
Imunidade da Associação sem Fins Lucrativos
Término do Contrato
Agravo Contra Indeferimento de Antecipação de Tutela
Guarda Compartilhada na Separação Judicial Litigiosa
Concurso Público - Decurso do Prazo Legal para Posse
Ação de Cancelamento de Protesto

Outras jurisprudências
Jurisprudências diversas de nosso repertório
Justa Causa - FGTS
Agravo de Instrumento
Cálculo do Salário
Crime Comum
Verbas Rescisórias
Adicional de Insalubridade por Agentes Biológicos
Prisão Especial
Prova Dividida - Valoração
Assédio Moral e Indenização
Estelionato - Autoria e Materialidade
Exame Médico Admissional
Período de Carência na Aposentadoria Rural
FGTS
Ilegitimidade Passiva Ad Causam
Aviso Prévio Proporcional ao Tempo de Serviço
Honorários Advocatícios
Prisão Administrativa
Conteúdo Completo
Todo o acervo do site em seções
Modelos de petições
Modelos de contratos
Recursos de Multas
Textos doutrinários
Sentenças e acórdãos
Matérias publicadas
Expressões em latim
Dicionário jurídico
Jurisprudências
Súmulas


Central Jurídica
Todos os direitos reservados
Proibida a reprodução total ou parcial sem autorização