Capa  |  Concursos  |  Doutrinas  |  Matérias  |  Jurisprudências  |  Modelos  |  Sentenças  |  Dicionários  |  Livraria  |  Loja Virtual
 Navegação
  Capa
  Mapa do site
  Livraria Jurídica
  Loja Virtual
 Bases Jurídicas
  Jurisprudências
  Súmulas
 Modelos
  Petições
  Contratos
  Recursos de Multas
 Doutrinas
  Cíveis
  Criminais
  Trabalhistas
 Matérias
  Notícias
  Julgados
 Sentenças
  Cíveis
  Criminais
  Trabalhistas
 Dicionários
  Termos jurídicos
  Expressões em Latim
 Especiais
  Advocacia de Sucesso
  Concursos Públicos
 Gerência
  Editorial
  Privacidade
  Fale conosco
  Parceiros
 Busca


 Matéria > Notícias > Direito do Consumidor
Links Patrocinados e Conteúdo relacionado
Negada suspensão de aumento de tarifa de energia em Minas Gerais
Projeto obriga o uso de chips bloqueadores de programas de TV
Propostas prevêem novos direitos para consumidor
Comissão aprova fim de desconto por pagamento antecipado de prestação
Passageira será indenizada por cancelamento de vôo
Ponto Frio é condenada por negativar indevidamente nome no SPC
Justiça manda consórcio entregar carro à consumidora
Proposta fixa tempo máximo de espera em agências bancárias
Notícias - Direito do Consumidor    Segunda-feira, 5 de Dezembro de 2005
A Câmara analisa o Projeto de Lei 6004/05, do deputado Nilson Mourão (PT-AC), que estabelece o tempo máximo para atendimento de clientes nas agências bancárias. De acordo com a proposta, o atendimento terá de ocorrer em até 15 minutos em dias normais, em até 25 minutos às vésperas e após feriados prolongados, e em até 30 minutos nos dias de pagamento do funcionalismo público das três esferas (União, estados e municípios).

A grande novidade do projeto é que o cliente terá à sua disposição um relógio de ponto, onde registrará o tempo de permanência na fila. O relógio será instalado pelos bancos, que terão 120 dias para a adaptação.

De acordo com o PL 6004, a agência que descumprir as regras fica sujeita à multa de R$ 600, dobrada no caso de reincidência. O valor da multa será atualizado anualmente pela inflação.

Nilson Mourão destaca que a situação se agravou com a redução de postos de trabalho no sistema bancário, que trouxe prejuízos para os consumidores. "Realizar pagamentos e outras transações bancárias vem se tornando um verdadeiro suplício para os usuários de bancos, pela grande demora no atendimento", afirma o parlamentar. O deputado lembra ainda que o longo tempo de espera por atendimento também se estende a outras casas de crédito, como as financeiras.

O projeto tramita em caráter conclusivo e foi apensado ao PL 2598/03, do deputado Luiz Carlos Hauly (PSDB-PR), que fixa em 30 minutos o prazo máximo para atendimento nas repartições públicas federais. As duas propostas serão votadas pelas comissões de Trabalho, Administração e Serviço Público; de Defesa do Consumidor; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.
Clique aqui para ser direcionado à fonte
Links Patrocionados

Matérias relacionadas
Montadora indeniza consumidores por defeito de fabricação em camioneta
Plano de saúde é condenado a pagar tratamento de câncer
Fiat deve indenizar por incêndio em automóvel
Negada liminar para excluir nomes de cadastros de proteção ao crédito
Embalagens poderão conter fotos de crianças desaparecidas
Ônibus podem ser obrigados a ter cintos para idosos e gestantes
Assinatura básica da telefonia fixa pode dar direito à consumação mínima
Banco deve assumir pelo uso de cheques extraviados
Clique aqui para ver todas as matérias relacionadas

Veja notícias e julgados de uma matéria específica
AdvocaciaDireito do ConsumidorDireito do TrabalhoDireito CivilDireito de FamíliaDano MoralDireito PenalDireito Processual TrabalhistaDireito Processual CivilDireito Processual PenalDireito ConstitucionalDireito do TrânsitoDireito TributárioDireito InternacionalDireito EleitoralDireito AdministrativoDireito PrevidenciárioDireito ComercialDireito AmbientalDireito MédicoDireito MilitarDiversos

Modelos de Petições - Modelos de Contratos - Recursos de Multas de Trânsito
Jurisprudências Selecionadas - Jurisprudências
© Copyright Central Jurídica - 2004/2008.
Todos os direitos reservados.
Tabela cjn_cache atualizada com sucesso!