Capa  |  Concursos  |  Doutrinas  |  Matérias  |  Jurisprudências  |  Modelos  |  Sentenças  |  Dicionários  |  Livraria  |  Loja Virtual
 Navegação
  Capa
  Mapa do site
  Livraria Jurídica
  Loja Virtual
 Bases Jurídicas
  Jurisprudências
  Súmulas
 Modelos
  Petições
  Contratos
  Recursos de Multas
 Doutrinas
  Cíveis
  Criminais
  Trabalhistas
 Matérias
  Notícias
  Julgados
 Sentenças
  Cíveis
  Criminais
  Trabalhistas
 Dicionários
  Termos jurídicos
  Expressões em Latim
 Especiais
  Advocacia de Sucesso
  Concursos Públicos
 Gerência
  Editorial
  Privacidade
  Fale conosco
  Parceiros
 Busca


 Matéria > Julgados > Direito de Família
Links Patrocinados e Conteúdo relacionado
Peculiaridade de caso leva à trânsito em julgado de sentença estrangeira
Netos podem reivindicar serem reconhecidos como herdeiros pelo avô
Bens adquiridos em união estável pertencem a ambos os conviventes
Ex-companheira não tem direito à indenização por serviços domésticos
Registro de nascimento é alterável para constar o nome da mãe divorciada
Sustento dos filhos deve ser provido por um dos pais quando o outro for incapaz
Dificuldade financeira não desobriga o pagamento de pensão alimentícia
Companheira tem direito de habitação sobre imóvel de família
Julgados - Direito de Família    Terça-feira, 10 de Janeiro de 2006
A companheira tem, por direito próprio e não decorrente de testamento, o direito de habitação sobre imóvel destinado à moradia da família nos termos do artigo 7º da Lei nº 9.278/96. Com esse entendimento, o ministro Humberto Gomes de Barros, da Terceira Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ), negou seguimento ao recurso interposto por M. contra decisão do Tribunal de Justiça de São Paulo em ação de reconhecimento e dissolução de sociedade de fato cumulada com alimentos movida por sua ex-companheira L.

Na ação, L. alegou que manteve união estável com M. por um período de sete anos. Pediu indenização de 650 salários mínimos, pensão mensal vitalícia de 10 salários mínimos, usufruto de um apartamento enquanto viver, móveis, eletrodomésticos e um automóvel (Monza 1994).

Em primeira instância, o pedido foi julgado parcialmente procedente, reconhecendo-se a união estável e concedendo-se o usufruto do apartamento pelo prazo de cinco anos. Inconformada, L. apelou e o Tribunal de Justiça estadual acolheu somente para prorrogar, por mais dois anos, o usufruto de cinco anos concedido na sentença, com reconhecimento do direito de habitação a partir daí, condicionado, porém, ao não estabelecimento de nova convivência ou esponsais.

M, então, recorreu ao STJ pedindo o afastamento da condenação alegando que o direito real de habitação só é dado ao convivente sobrevivente enquanto viver ou não constituir nova união ou casamento, no caso de dissolução de união estável por morte, que não é o presente caso.

Para o ministro Gomes de Barros, o Tribunal estadual aplicou por analogia do disposto no artigo 7º da Lei nº 9.278/90 combinado com o 746 do Código Beviláqua, para conceder direito de habitação a L., bem como prolongou por mais dois anos o usufruto sobre o seu imóvel.

Cabia a M., continuou o ministro, nas razões do recurso especial, demonstrar de forma fundamentada e inequívoca, que L. não tem direito de habitação sobre o imóvel enquanto viver, e não alegar de forma genérica ofensa ao referido artigo.
Clique aqui para ser direcionado à fonte
Links Patrocionados

Matérias relacionadas
Reconhecimento de duas uniões estáveis ao mesmo tempo não é possível
Portador de HIV consegue isenção para não pagar pensão alimentícia
União estável paralela ao casamento não é reconhecida
Doze anos de concubinato dão direito à indenização de R$ 10 mil
Reconhecimento de união homoafetiva anula partilha
Menor trazido ao Brasil pelo pai sem autorização da mãe voltará para Bolívia
Companheira tem direito de habitação sobre imóvel de família
Bens adquiridos em união estável pertencem a ambos os conviventes
Clique aqui para ver todas as matérias relacionadas

Veja notícias e julgados de uma matéria específica
AdvocaciaDireito do ConsumidorDireito do TrabalhoDireito CivilDireito de FamíliaDano MoralDireito PenalDireito Processual TrabalhistaDireito Processual CivilDireito Processual PenalDireito ConstitucionalDireito do TrânsitoDireito TributárioDireito InternacionalDireito EleitoralDireito AdministrativoDireito PrevidenciárioDireito ComercialDireito AmbientalDireito MédicoDireito MilitarDiversos

Modelos de Petições - Modelos de Contratos - Recursos de Multas de Trânsito
Jurisprudências Selecionadas - Jurisprudências
© Copyright Central Jurídica - 2004/2008.
Todos os direitos reservados.
Tabela cjn_cache atualizada com sucesso!