Ferramenta de Busca
Capa | Modelos de Petições | Modelos de Contratos | Doutrinas | Jurisprudências | Sentenças | Dicionários | Loja Virtual
Pedido de Habeas Corpus - Esgotado o Prazo da Instrução Processual
Petições - Peças Criminais - O impetrante visa a concessão de ordem de habeas corpus com expedição de Alvará de Soltura, haja visto ter-se esgotado o prazo para término da instrução processual tornando-se a prisão um constrangimento ilegal.


EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR DESEMBARGADOR PRESIDENTE DO EGRÉGIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO ....



.................................., (qualificação) advogado inscrito na OAB, Seção do ...., sob o nº ...., com escritório profissional em ...., na Rua .... nº ...., onde recebe intimações, vem respeitosamente perante esse Egrégio Tribunal, com fundamento no art. 5º, inc. LXVIII, da Constituição Federal e arts. 647 e 648, II, do Código de Processo Penal, impetrar o presente:

HABEAS CORPUS

em favor de

.................................., (qualificação), residente em ...., na Rua .... nº ...., e atualmente recolhido à cadeia pública de ...., tudo pelos fatos e em razão dos fundamentos jurídicos a seguir expostos:

1. O paciente foi preso em .... de .... de ...., por policiais civis lotados na ....ª SDP de ..., sob a acusação de ter favorecido e receptado jóias de um elemento a quem forneceu "carona" da cidade de .... até ...., indivíduo este que, sem que o soubesse o paciente, estava sendo procurado pela polícia, tendo sido morto em tiroteio com a mesma na data acima. Lavrado o flagrante, foi o paciente encaminhado ao presídio da .... ª Sub-Divisão Policial, onde encontra-se custodiado até à presente data.

2. Através de advogado habilitado, o paciente requereu, imediatamente, o relaxamento de sua prisão, visto não ter havido provas nem indícios suficientes da autoria da conduta a si atribuída, além de não haver testemunha de vista a incriminá-lo, comprovado, outrossim, a sua primariedade, bons antecedentes, domicílio certo e profissão definida. Tal pedido (autos nº ...., autuado em apenso aos autos nº .... de AÇÃO PENAL, perante a .... ª Vara Criminal de ....) foi negado, mediante parecer desfavorável do DD. Promotor Público. Realizado posteriormente o interrogatório do preso, não foram, porém, até o momento, inquiridas as testemunhas, quer da acusação, quer da defesa, conforme comprova a certidão em anexo.

3. Nestas condições, Excelência, tem-se que o prazo máximo previsto para a realização de instrução processual encontra-se esgotado, gerando o constrangimento ilegal sofrido pelo paciente e objeto da presente impetração.

4. A doutrina e a jurisprudência pátrias têm consagrado o entendimento de que é de 81 dias o prazo para o término da ação penal, prazo esse, assim distribuído: inquérito - 10 dias (art. 10 do CPP); denúncia - 05 dias (art. 46); defesa prévia - 03 dias (art. 395); inquirição de testemunhas - 20 dias (art. 401); requerimento de diligências - 02 dias (art. 499); para despacho do requerimento - 10 dias (art. 499); alegações das partes - 06 dias (art. 500); diligências "ex officio" - 05 dias (art. 502); sentença - 20 dias (art. 800 do CPP) = soma: 81 dias (cf. DANTE BUSANA, "apud" Código de Processo Penal Anotado, de DAMÁSIO DE JESUS, Ed. Saraiva, comentário ao art. 401).

Assim:

"A jurisprudência fixou em 81 dias o prazo para o término da instrução criminal estando preso o acusado. Ocorrendo excesso nesse prazo sem motivo justificado, impõe-se o relaxamento do flagrante" (Rts 526/358 e 523/375).

No mesmo sentido, Rts 399/68, 433/343, 420/246, 435/341, 526/362, etc.

De fato, o excesso de prazo torna a prisão ilegal e acarreta o seu relaxamento, desde que tal excesso seja injustificado e que não provenha de diligência requerida pela defesa. É o caso presente.

5. Como preleciona MANZINI, em seu Tratado de Diritto Penale, vol. I, pág. 196, o escopo do processo penal é o de verificar o fundamento da pretensão punitiva e não de torná-la realizável a todo custo. Em conseqüência, prevê, ao lado de normas que asseguram os meios de verificação da culpabilidade, outras dispostas a evitar o erro e o arbítrio. Dessa forma, junto ao interesse representativo, o processo penal assegura, no Estado livre, a tutela do interesse em perigo da liberdade individual. Daí a presente impetração.

6. Ante o exposto, que será suprido pelos doutos subsídios dos componentes da Egrégia Câmara Criminal, espera o impetrante seja concedida, em favor do paciente, a competente ORDEM DE HABEAS CORPUS para fazer cessar o constrangimento ilegal que sofre o mesmo, por ofensa aos prazos processuais, expedindo-se, imediatamente, Alvará de Soltura, a fim de que seja o paciente imediatamente posto em liberdade, tudo como manifestação de sã e humana.

...., .... de .... de ....

...................
Advogado OAB/...




Modelos relacionados
Confira outros modelos relacionados
Pedido de Liberdade Provisória - Descaracterização de Crime Hediondo
Agravo de Instrumento Contra Decisão que Negou Seguimento a Recurso Especial
Relaxamento de Prisão em Flagrante - Crime de Homicídio
Alegações Finais da Defesa - Crime de Furto
Apelação Criminal - Acidente de Trânsito com Vítimas
Pedido de Arbitramento de Fiança - Microempresário com Bons Antecedentes
Alegações Finais da Defesa - Inexistência de Provas da Autoria
Pedido de Nulidade do Auto de Prisão em Flagrante por Inexistência de Representação
Pedido de Nulidade do Auto de Prisão em Flagrante por Vício Processual
Pedido de Relaxamento da Prisão em Flagrante - Comparecimento Espontâneo
Pedido de Liberdade Provisória - Primariedade e Bons Antecedentes
Busca e Apreensão Criminal - Reprodução de Invenção Patenteada
Revisão Criminal - Novas Testemunhas e Retratação da Vítima
Alegações Finais da Defesa - Extinção da Punibilidade pela Prescrição
Pedido de Habeas Corpus - Pena seria em Regime Semi-Aberto
Pedido de Liberdade Provisória - Nulidade da Prisão em Flagrante
Defesa Prévia - Pedido de Prova Testemunhal

Outros modelos
Modelos diversos de nosso repertório
Inicial Trabalhista - Período sem Anotação da CTPS, Férias e FGTS
Ação de Inventário por Arrolamento - Plano de Partilha Amigável
Reclamação por Danos Materiais Causados em Acidente de Trânsito
Alegações Finais em Indenizatória por Término de Representação Comercial
Alvará Judicial Requerido pela Concubina para Levantamento de PIS/PASEP
Ação de Indenização - Doença Profissional por Excesso de Trabalho
Ação de Busca e Apreensão pela Administradora de Consórcio
Contestação à Medida Cautelar de Guarda e Posse Provisória de Menor
Recurso de Revista
Medida Cautelar de Guarda e Posse Provisória
Agravo de Petição para alterar aplicação da Correção Monetária
Contestação à Ação de Indenização Denunciado à Lide a Seguradora
Medida Cautelar para Suspensão de Recolhimentos ao INSS
Contestação à Indenizatória por Rescisão de Representação Comercial
Adjudicação Compulsória - Contrato Escrito Averbado em Cartório
Contestação à Ação de Busca e Apreensão da Administradora do Consórcio
Memoriais em Indenização por Danos Morais Causados por Reportagem
Conteúdo Completo
Todo o acervo do site em seções
Modelos de petições
Modelos de contratos
Recursos de Multas
Textos doutrinários
Sentenças e acórdãos
Matérias publicadas
Expressões em latim
Dicionário jurídico
Jurisprudências
Súmulas


Central Jurídica
Todos os direitos reservados
Proibida a reprodução total ou parcial sem autorização