Ferramenta de Busca
Capa | Modelos de Petições | Modelos de Contratos | Doutrinas | Jurisprudências | Sentenças | Dicionários | Loja Virtual
Ação de Indenização em Rito Sumário por Acidente de Trânsito
Petições - Ações Indenizatórias - O acidente de trânsito foi causado pela culpa exclusiva do réu que veio colidir com a parte traseira do veículo da autora que estava parado em semáforo.


EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA .... ª VARA CÍVEL DA COMARCA DE ....



...................................., (qualificação), pelo Advogado e Procurador que a presente assina, Dr. ...., com escritório profissional na Rua .... nº ...., vem, respeitosamente, à presença de V. Exa., com base na lei adjetiva em vigência, propor a presente

AÇÃO DE REPARAÇÃO DE DANOS, Causado em ACIDENTE DE VEÍCULO, pelo procedimento SUMÁRIO, em face a


............................., (qualificação) e ...., (qualificação), pelos fatos e fundamentos jurídicos a seguir aduzidos:


DOS FATOS

01) No dia ..../..../..., por volta das .... hs, no cruzamento da Rua .... e Rua ...., a Autora teve seu automóvel ...., cor ...., placas ...., chassi ...., abalroado pelo automóvel ...., tipo ...., placas ...., de propriedade da Ré e no ato conduzido pelo segundo demandado.

02) A Autora, deslocava-se pela Rua .... e, no cruzamento com a Rua ...., tendo em vista a existência de semáforo, parou, pois o mesmo estava fechado.

Um terceiro, que encontrava-se também parado no local, porém, sendo o primeiro a sair, adentrou o sinal fechado, Por consequência, todos os veículos que estavam parados, aguardando o sinal abrir, avançaram alguns metros, porém, o segundo demandado, condutor do veículo ambulância, EM UM ATO INJUSTIFICADO, lançou o automóvel sobre o veículo da Autora, atingindo a parte traseira, ocasionando danos materiais.

03) Em razão da colisão, sofreu a Autora, os danos econômicos descritos no doc. 06/08, na importância de R$ .... (....), datado de .../.../..., emitido pela Concessionária ....

04) O evento ocorreu por culpa exclusiva do condutor da ambulância, que com manifesta IMPRUDÊNCIA, NEGLIGÊNCIA e IMPERÍCIA, sem tomar as precauções que o local e as circunstâncias momentâneas exigiam e pertinentes a um bom condutor, veio a chocar-se contra o veículo parado aguardando abrir o semáforo.


DA IMPRUDÊNCIA

Foi imprudente o motorista da ambulância, por ter conduzido seu veículo com arrojo, afoitamente face as circunstâncias momentâneas e locais.

O local dos fatos, é área central da cidade, onde existe um grande tráfego de veículos e pessoas, logo, lhe competia, como um bom condutor, tomar todas as precauções necessárias para evitar o acidente.

Com sua atitude, incorreu em uma desatenção culpável, lesando o patrimônio alheio.


NEGLIGÊNCIA

É negligente, por desprezar, desatender não ter o cuidado necessário para a prática do ato.

Faltou-lhe as diligências necessárias para a execução do avanço no semáforo, omitiu-se, inobservou as regras básicas que o dever lhe impunha como motorista.


DA IMPERÍCIA

Agiu imperitamente, por ter realizado a condução de seu veículo com ineficiência, talvez por erro ou engano, por não ter agido com a habilidade necessária que as circunstâncias exigiam.

Foi imperito, por não ter conseguido segurar a ambulância, logo lhe competia a eficiente ação de parar o veículo no local e distância regulamentar, porém, nada disso fez, tornando-se, portanto, a qualquer sorte imperito.

05) Quando do evento, o condutor da ambulância, segundo demandado, assumiu toda a responsabilidade, inclusive, houve até acerto para que no dia seguinte, a Autora comparecesse no endereço da Ré, para receber o montante dos danos, uma vez que necessário era a exibição do orçamento.

Inúmeras foram as vezes, que a Autora tentou a composição amigável, sem com isto, lograr êxito, viu-se obrigada a recorrer a tutela jurisdicional.

06) Conforme demonstra o contido nos documentos inclusos, doc. 06/10, dois orçamentos emitidos por CONCESSIONÁRIAS AUTORIZADAS, cujos valores para reparação do dano, importam em R$ .... (....) e R$ .... (....) orçamentos datados de .../.../... e .../.../..., respectivamente.


DO PEDIDO

07) Diante do exposto, REQUER:

a) o recebimento com a determinação dos demais trâmites legais;

b) a citação da Ré na pessoa de seu Representante legal e o Réu pessoalmente, no endereço inicialmente declinado, para que caso queiram de forma conjunto ou individual, contestem a presente ação sob pena de revelia;

c) a produção de todo o gênero de provas em direito admitido, em especial, o depoimento pessoal do Representante legal da Ré e do Réu, sob pena de confissão, oitiva das testemunhas arroladas, perícias, avaliações, juntada de documentos e outras provas necessárias;

d) o julgamento pela procedência da presente ação, condenando os Réus solidários ou individualmente, ao pagamento de R$ .... (....), referente aos prejuízos econômicos sofridos pela Autora, em decorrência do ato praticado pelo segundo demandado com o veículo da Ré, acrescidos de juros e correções legais, desde ..../.../..., até a data do efetivo pagamento, mais custas, despesas, sucumbência e honorários advocatícios na ordem de 20% sobre o valor da condenação e demais condenações de estilo;

Dá-se a causa o valor de R$ .... (....), para efeitos fiscais.

Nestes termos,

Pede Deferimento.

...., .... de .... de ....

..................
Advogado OAB/...




Modelos relacionados
Confira outros modelos relacionados
Razões Finais do Réu em Ação de Indenização por Acidente de Veículo
Contestação à Ação de Reparação de Danos Materiais e Lucros Cessantes
Alegações Finais em Indenizatória por Término de Representação Comercial
Ação de Reparação de Danos pela Vítima de Atropelamento
Impugnação à Contestação em Ação de Indenização por Acidente de Trânsito
Ação de Indenização por Danos Materiais e Morais Contra Empresas de Viagem
Ação de Reparação de Danos - Dupla Cobrança de Despesas Médicas
Ação de Indenização em Decorrência de Morte em Acidente de Trânsito
Ação Indenizatória por Débitos Indevidos na Conta Corrente
Contestação à Ação de Indenização por Acidente de Veículo
Ação Indenizatória por Ato Ilícito - Morte em Acidente de Trânsito
Ação de Indenização de Reparação de Danos por Acidente de Trabalho
Ação de Reparação de Dano Causado em Acidente de Veículo
Ação de Indenização por Morte em Acidente de Trânsito
Impugnação à Contestação em Ação de Indenização Pela Venda de Fotos
Ação de Indenização por Restrição ao Crédito com Título já Pago
Ação de Indenização - O Autor foi Atropelado por um Trem

Outros modelos
Modelos diversos de nosso repertório
Embargos de Declaração por Obscuridade e Omissão da Decisão
Alvará Judicial para Levantamento de Depósitos em Caderneta de Poupança
Ação de Cobrança por Obrigação Assumida em Contrato Verbal
Medida Cautelar de Exibição de Documentos
Ação Declaratória de Falsidade de Escritura Pública de Cessão de Direitos
Contra-Razões de Apelação - Ação Indenizatória Julgada Improcedente
Pedido de Restituição de Coisa Apreendida - Inquérito Arquivado
Pedido de Arbitramento de Fiança - Comerciante com Residência Fixa
Medida Cautelar Inominada Contra Reajuste Abusivo de Prestações
Ação de Inventário por Arrolamento - Plano de Partilha Amigável
Pedido de Alteração dos Termos de Acordo para Discriminar Parcelas
Recurso Adesivo de Apelação - Litispendência e Horas Extras
Contestação - Autônomo sem Vínculo Empregatício
Contestação à Medida Cautelar de Sustação de Protesto
Reclamatória Trabalhista - Bancário demitido sem justa causa
Alvará Judicial para Venda de Imóvel e Compra de Outro em Melhor Condição
Ação Declaratória de Inexigibilidade de Contribuição Previdenciária
Conteúdo Completo
Todo o acervo do site em seções
Modelos de petições
Modelos de contratos
Recursos de Multas
Textos doutrinários
Sentenças e acórdãos
Matérias publicadas
Expressões em latim
Dicionário jurídico
Jurisprudências
Súmulas


Central Jurídica
Todos os direitos reservados
Proibida a reprodução total ou parcial sem autorização