Fluminense terá que estampar marca ´Estação do Corpo` em uniformes

Julgados - Direito Civil - Quinta-feira, 13 de outubro de 2005

O juiz da 40ª Vara Cível do Rio, Alexandre de Carvalho Mesquita, julgou procedente o pedido da Sport e Lazer IV Centenário e da Docas Investimentos para obrigar o Fluminense a estampar a marca “Estação do Corpo” nos uniformes dos jogadores e membros das comissões técnicas das equipes de futebol de campo masculino e feminino, nas categorias profissional, juniores, juvenil e infantil. O contrato de patrocínio de exclusividade foi firmado em primeiro de abril deste ano e o clube, apesar de ter recebido a arte-final necessária à aplicação da logomarca nos uniformes, não teria cumprido o contratado.

A Docas Investimentos alegou que firmou vários contratos com o Fluminense que não foram cumpridos, o que gerou confissão de dívida entre as partes. Entre os contratos firmados, estaria o assinado entre a empresa e o clube em que ficou estabelecido que a Docas teria direito de explorar e comercializar os patrocínios dos uniformes do Fluminense.

Assim, foi feito contrato com a Unimed, que passaria a patrocinar o clube, e uma parte dos valores do patrocínio seria repassada à Docas para amortizar o débito existente, o que não ocorreu. Como a Docas não recebeu o seu crédito referente ao contrato, que expirou em 31 de dezembro de 2004, a empresa firmou contrato de patrocínio com a Sport e Lazer IV Centenário para que ela estampasse a sua marca nos uniformes do clube. A decisão foi publicada ontem (dia 10 de outubro) no Diário Oficial do Poder Judiciário do Estado.

Matérias relacionadas

Em festa sem objetivo de lucro, prefeitura não precisa para direitos autorais

Não cabe cobrança de direitos autorais pelo Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (Ecad) contra municípios por causa de...

Empresa com sócio devedor em outra firma tem direito à Certidão Negativa

É descabida a recusa de fornecimento da Certidão Negativa de Débito (CND) a uma empresa sob o fundamento de que um de seus sócios é integrante...

Banco não é responsável por duplicata emitida indevidamente por empresa

O Banco não pode ser responsabilizado por duplicata emitida indevidamente por empresa, em caso de endosso-mandato. Com esse entendimento a Quarta...

Processo de médico denunciado por esquartejar ex-amante remetido ao MPF

O ministro Gilson Dipp, da Quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ), encaminhou ao Ministério Público Federal, para parecer, os autos do...

Empregado de usina de cana-de-açúcar é rurícola

O fator determinante para qualificar o trabalhador como rurícola ou como empregado urbano é a atividade econômica preponderante desenvolvida pela...

Rejeita renúncia tácita ao direito de estabilidade no emprego

A Segunda Turma do Tribunal Superior do Trabalho rejeitou a aplicação de renúncia tácita à estabilidade no caso em que a trabalhadora, ao ser...

Confirmado direito de empregado público a verbas trabalhistas

Os direitos devidos ao trabalhador comum se estendem ao empregado púbico contratado para o exercício de função de confiança, sob o regime da...

Aposentadoria por invalidez afasta prescrição total de direito

A Primeira Turma do Tribunal Superior do Trabalho negou pedido das Indústrias Gessy Lever Ltda para ser absolvida do pagamento de indenização por...

Morte causada por fio de alta tensão obriga companhia a indenizar

Por negligência e omissão, a CEEE (Companhia Estadual de Energia Elétrica) terá de indenizar filho de homem morto por choque elétrico. O...

Autorizada prioridade de paciente em lista de transplante de fígado

É possível alterar a ordem cronológica da lista de espera para transplantes, considerando a gravidade de cada caso. O entendimento é do Juiz de...

Temas relacionados

Julgados

Direito Civil

Outras matérias

Todas as matérias organizadas por assunto


Central Jurídica

Todos os direitos reservados.

Proibida a reprodução total ou parcial sem autorização.

Política de Privacidade