Aviso prévio de 60 dias conta como tempo de serviço de ferroviário

Julgados - Direito do Trabalho - Domingo, 30 de outubro de 2005

O Tribunal Superior do Trabalho confirmou a inclusão do aviso prévio de sessenta dias, previsto em norma coletiva, na contagem do tempo de serviço de dois ferroviários, ao negar conhecimento a recurso da Ferrovia Centro Atlântica S/A. A Subseção de Dissídios Individuais 1 (SDI-1) do TST rejeitou a alegação da empregadora de que a repercussão do aviso prévio de dois meses no contrato de trabalho significaria ”inadmissível interpretação ampliativa do pactuado” e negou conhecimento ao seu recurso.

“Indiscutível que foram observados os limites da norma coletiva”, disse o relator do recurso de embargos da empresa, ministro Lelio Bentes Corrêa. Ele ressaltou que, por se tratar de garantia mínima, o aviso prévio “não se insere no âmbito da disponibilidade das partes”. “As normas trabalhistas encerram preceitos mínimos de proteção ao trabalhador, revestindo-se de plena eficácia as disposições que vêm seu benefício”, afirmou.

Foi mantida, dessa forma, decisão da Quarta Turma do TST que também havia negado conhecimento ao recurso da empresa. De acordo com a Quarta Turma, norma da CLT que prevê a integração do aviso prévio no tempo de serviço deixa claro que essa projeção presta-se a todos os efeitos legais, “não importando ter sido este prazo estipulado por negociação das partes ou por concessão da empresa”.

Matérias relacionadas

Elevada indenização à mulher por revista íntima no emprego

A Quarta Turma do Tribunal Superior do Trabalho manteve a decisão regional que fixou valores diferentes de indenização por danos morais em razão...

Associação beneficente é obrigada a pagar prêmio de bingo

A 13ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Minas Gerais condenou um abrigo de Juiz de Fora, que promoveu um bingo em suas dependências, e o...

Financeira indeniza cliente por cobrança abusiva

A 15ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Minas Gerais condenou uma companhia de crédito e financiamento a devolver, em dobro, a um...

Jornal é condenado a pagar 50 mil por reportagem veiculada sem autorização

A juíza Vanessa de Oliveira Cavalieri Felix, da 17ª Vara Cível da Capital, condenou ontem (dia 25 de outubro) o jornal O Dia (que é representado...

SuperVia é condenada a indenizar marido que perdeu esposa atropelada por trem

A SuperVia Concessionária de Transportes Ferroviários foi condenada pela 33ª Vara Cível do Rio a pagar uma indenização de R$ 75 mil por danos...

Empresa de ônibus terá que indenizar passageira por acidente

A juíza da 17ª Vara Cível do Rio, Vanessa Cavalieri, condenou a Transportes Amigos Unidos a pagar indenização de R$ 54.500,00 a Kazuy Batista da...

Banco ABN terá que pagar indenização por saques indevidos

A juíza da 42ª Vara Cível do Rio, Maria Helena Machado, condenou o Banco ABN AMRO Real S/A a pagar R$ 8.136,99 a Emerson Gomes da Silva. Em 31 de...

Jorge Kajuru é condenado a indenizar Luciana Gimenez por danos morais

A 18ª Vara Cível do Rio condenou o comentarista esportivo Jorge Kajuru a pagar uma indenização de R$ 40 mil por danos morais à apresentadora de...

Justiça do Rio proíbe cobrança de pontos adicionais da Net

O juiz Alexander Macedo, da 8ª Vara Empresarial, deferiu, no dia 18 de outubro, a antecipação de tutela pedida pela Comissão de Defesa do...

Tribunal proíbe que filhos de Romário mantenham contato com o tio

A 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio cassou nesta terça-feira (dia 25 de outubro), a liminar concedida no dia 23 de setembro, que...

Temas relacionados

Julgados

Direito do Trabalho

Outras matérias

Todas as matérias organizadas por assunto


Central Jurídica

Todos os direitos reservados.

Proibida a reprodução total ou parcial sem autorização.

Política de Privacidade