Anúncio de alimento causador de obesidade pode ter restrição

Notícias - Direito do Consumidor - Sexta-feira, 25 de novembro de 2005

A Câmara analisa o Projeto de Lei 6080/05, do deputado Júnior Betão (PL-AC), que restringe a publicidade de bebidas e alimentos causadores de obesidade. Pela proposta, ficarão proibidos anúncios e merchandising desses produtos nas emissoras de rádio e televisão entre as 18 e as 21 horas. O objetivo é evitar o estímulo ao consumo desses produtos, em especial por crianças e adolescentes – faixa etária que apresenta maior índice de crescimento da obesidade no Brasil.

Dados da Organização Panamericana de Saúde indicam que a obesidade infanto-juvenil aumentou 240% nos últimos 20 anos no Brasil. Atualmente, mais de 20% das crianças e adolescentes brasileiros já podem ser considerados obesos ou portadores de sobrepeso. "Esse crescimento está diretamente ligado à divulgação massiva de produtos alimentares de alto teor calórico nessa faixa de horário ", explica o deputado.

Conforme estudo do Observatório de Políticas de Segurança Alimentar da Universidade de Brasília, divulgado em 2000, cerca de 85% da publicidade de alimentos na TV é de produtos com alta concentração de gorduras e açúcares, como batata frita, achocolatados e refrigerantes.

O projeto prevê que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), no prazo de seis meses após aprovação da matéria, estabeleça critérios para a classificação de alimentos e bebidas potencialmente causadores de obesidade. O controle dos anúncios será feito com base na classificação da Anvisa.

Estudo comparativo realizado pela Universidade de Brasília (UnB) sobre a legislação internacional demonstra que o controle da publicidade alimentar ajuda a reduzir a obesidade. No Canadá, na Suécia e na Noruega, as restrições foram adotadas há mais de uma década e contribuíram para reduzir a obesidade de crianças e adolescentes de forma progressiva. Em outros países como Índia, Malásia, França, Alemanha, Itália, Austrália, Polônia e Reino Unido, medidas restritivas estão em estudo.

Na Câmara já tramitam dois projetos relacionados ao controle da obesidade. O Projeto de Lei 1480/03, do deputado Lincoln Portela (PL-MG), prevê a divulgação de mensagens de advertência sobre obesidade em embalagens de produtos muito calóricos. Já o Projeto de Lei 1890/03, da deputada Thelma de Oliveira (PSDB-MT), obriga os restaurantes a divulgar informações sobre o valor calórico dos alimentos. Entretanto, o projeto do deputado Júnior Betão é o primeiro a restringir a publicidade de alimentos com elevados teores de gordura e açúcar.

O projeto, que tramita em caráter conclusivo, será analisado pelas comissões de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática; Seguridade Social e Família; e Constituição e Justiça e de Cidadania.

Matérias relacionadas

Exigência de separação antes do divórcio mais próxima do fim

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) aprovou a admissibilidade da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 413/05, que...

Busato diz ser lamentável projeto de lei que prega fim do Exame de Ordem

O presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil, Roberto Busato, classificou como “lamentável” o projeto de lei do deputado federal Max...

Municípios poderão receber compensação por presídios

A criação de medidas compensatórias para os municípios em que sejam construídas unidades prisionais é o objetivo do Projeto de Lei 6111/05, de...

Quem não cuidar de bens apreendidos poderá receber punição

Os responsáveis por bens apreendidos por ordem judicial poderão ser punidos caso o material sob sua guarda seja depredado entre a data da...

Aposentados poderão receber 13º salário em duas parcelas

A Câmara analisa o pagamento do 13º salário dos aposentados em duas parcelas: a primeira em junho e a segunda em dezembro. O parcelamento é...

Câmara analisa três projetos sobre porte de arma

A Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado analisa três projetos que determinam as situações em que poderá ser permitido o...

Tráfego de veículos com faróis acesos em rodovias pode ser obrigatório

A Comissão de Viação e Transportes aprovou substitutivo do Senado ao Projeto de Lei PL 2959/00, do ex-deputado Wilson Santos, que determina o...

Câmara aprova ampliação do ensino fundamental para 9 anos

A Câmara aprovou no último dia 24 o texto substitutivo ao Projeto de Lei 3675/04, que amplia a duração do ensino fundamental de oito para nove...

Exibição obscena na internet pode ser criminalizada

A Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática analisa o Projeto de Lei 1070/95, do ex-deputado Ildemar Kussler, que tipifica o...

Tropas brasileiras permanecerão no Haiti por mais seis meses

O ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, anunciou que as tropas do Conselho de Segurança das Nações Unidas que estão no Haiti,...

Temas relacionados

Notícias

Direito do Consumidor

Outras matérias

Todas as matérias organizadas por assunto


Central Jurídica

Todos os direitos reservados.

Proibida a reprodução total ou parcial sem autorização.

Política de Privacidade