Suspensa lei que indeniza vereadores por sessão extraordinária no recesso

Julgados - Direito Administrativo - Terça-feira, 6 de dezembro de 2005

O Desembargador Vasco Della Giustina, do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul, suspendeu liminarmente a Lei nº 1548/05, do Município de Alvorada, que criou verba indenizatória por convocação para sessão extraordinária em período de recesso do Legislativo local.

A Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADIn) foi proposta à Justiça pelo Diretório Municipal do Partido dos Trabalhadores. A lei determina que “os vereadores que comparecerem a sessão extraordinária farão jus a verba indenizatória no valor correspondente a um quarto de seus subsídios mensais por sessão”. A lei foi promulgada pelo Presidente da Câmara Municipal de Alvorada.

Como se conclui da documentação juntada pelos autores, afirmou o magistrado, “o Projeto de Lei nº 74/05, foi apresentado, discutido, votado e aprovado no mesmo dia, ferindo normas das Constituições Federal, art. 64, e Estadual, art. 62, aplicados por simetria ao município”. Foram contrariados, ainda, anotou o Desembargador, disposições da Lei Orgânica e do Regimento Interno do Legislativo.

Também foi ferido o princípio da razoabilidade, entende o Desembargador Vasco - “pois não é crível que um projeto, com relativa repercussão, possa em poucas horas, sofrer toda esta tramitação, o que demonstra, à evidência, que ausente esteve o processo legislativo na criação da lei”.

A lei também é inconstitucional por fixar remuneração para Vereador na mesma legislatura, disse o julgador. “Assim agindo, os senhores vereadores legislaram em causa própria, ferindo o princípio da moralidade pública.”

Após período de instrução, a ADIn será levada ao Órgão Especial do TJRS para julgamento de mérito.

Matérias relacionadas

Conselho de administração não responde por dívida trabalhista de empresa

Para os juízes da 9ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região (TRT-SP), a responsabilidade pelo exercício da atividade empresarial é...

Prescrição da pretensão punitiva aos 70 anos deve ser analisada na sentença

O implemento da idade de 70 anos para fins de prescrição deve se verificar quando da prolação da sentença. Com esse entendimento, a Sexta Turma...

Fazendeiro será indenizado pelos prejuízos causados por descarga elétrica

A Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) terá indenizar em mais de R$ 2,5 milhões o proprietário rural D.H.M, por causa dos prejuízos...

Sul América indenizará paciente que teve internação hospitalar recusada

Um paciente do Rio de Janeiro que teve recusada a autorização para internação hospitalar de emergência pela Sul América Aetna Seguros e...

Apropriação indevida de R$ 84,25 gera demissão por justa causa

A apropriação, para uso particular, de dinheiro confiado pelo empregador para o pagamento de tributos, levou a empresa Disppan Distribuidora de...

Revista de empregado em frente a estranhos ocasiona dano moral

A Quarta Turma do Tribunal Superior do Trabalho confirmou, em decisão unânime, a prerrogativa da Justiça do Trabalho para o julgamento de ação...

Denúncia contra juiz que suspendeu audiência para almoço é rejeitada

O Tribunal Superior do Trabalho rejeitou pedido da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Pará para apuração de denúncia de conduta...

Anulado veto discriminatório para pagamento de seguro

A 11ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Minas Gerais condenou uma seguradora a pagar à filha da proprietária de uma casa de...

Intimação irregular sobre juntada de documentos gera anulação de Júri

A 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul anulou o julgamento do psicólogo Rogério Ivo Stoffel pelo Tribunal do Júri,...

Materiais fornecidos pelo prestador de serviço não estão sujeitos a ISS

Em obras hidráulicas e semelhantes, bem como na conservação e reparação de edifícios, estradas e pontes, em hipótese alguma o material...

Temas relacionados

Julgados

Direito Administrativo

Outras matérias

Todas as matérias organizadas por assunto


Central Jurídica

Todos os direitos reservados.

Proibida a reprodução total ou parcial sem autorização.

Política de Privacidade