Tribunal de Justiça do Espírito Santo vai ampliar horário de atendimento

Notícias - Advocacia - Terça-feira, 3 de janeiro de 2006

O desembargador Jorge Góes Coutinho assumiu a presidência do Tribunal de Justiça do Espírito Santo e anunciou que irá estender o horário de atendimento ao público na sede do órgão para tempo integral, das 8h às 18h e que vai tomar todas as medidas do Conselho Nacional de Justiça contra o nepotismo no Poder Judiciário.

A ampliação do horário ainda será estudada para os fóruns, mas, segundo Coutinho, com certeza será aplicada aos juizados especiais em todo o Espírito Santo. O desembargador disse que a medida vai dar mais agilidade aos serviços. Ações relacionadas a qualificação profissional dos servidores também devem ser desenvolvidas, de acordo com Góes Coutinho, para garantir um bom atendimento ao cidadão.

O novo presidente do TJ informou que ainda não sabe quantas funcionários terão que ser exoneradas para combater o nepotismo Poder Judiciário, mas garante que há parentes envolvidos nos graus de relação previstos na determinação do Conselho Nacional de Justiça.

O desembargador Annibal Resende Lima também assume a direção da vice-presidência do Judiciário e o desembargador Manoel Alves Rabelo a Corregedoria Geral de Justiça nesta segunda-feira. Os três ficam nos cargos por dois anos.

Matérias relacionadas

Transporte interestadual ou internacional em vans pode ser autorizado

A Câmara examina o Projeto de Lei 6083/05, do deputado Marcondes Gadelha (PSB-PB), que autoriza o fretamento de veículos com pelo menos oito...

Criança poderá viajar sem os pais com autorização e firma reconhecida

A Câmara analisa o Projeto de Lei 6081/05, do deputado Marcondes Gadelha (PSB-PB), que determina a necessidade de autorização com firma...

Renúncia pode não impedir processo por quebra de decoro

O Projeto de Resolução (PRC) 269/05, do deputado José Carlos Aleluia (PFL-BA), permite a abertura de processo disciplinar para averiguação de...

Sentença poderá ser ajustada se surgir nova prova

O Projeto de Lei 6079/05, da deputada Juíza Denise Frossard (PPS-RJ), permite que ações rescisórias para ajustar decisão judicial sobre direitos...

Quem estiver sofrendo ameaça poderá ter porte provisório de arma de fogo

A Câmara analisa o Projeto de Lei 6078/05, do deputado Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP), que define as condições para que a Polícia Federal conceda,...

Desempregado pode ter autorização para sacar saldo do PIS/Pasep

Tramita na Câmara o Projeto de Lei Complementar (PLP) 300/05, do deputado Nilton Baiano (PP-ES), que permite o saque dos saldos das contas...

Concessão do primeiro diploma poderá ser gratuita

A Câmara analisa o Projeto de Lei 6091/05, do deputado Eduardo Paes (PSDB-RJ), assegura a todos os alunos dos ensinos médio, técnico e superior a...

Jornada integral em escolas públicas pode ser incentivada

Tramita na Câmara o Projeto de Lei 6089/05, do deputado Alex Canziani (PTB-PR), que inclui a alimentação de alunos em regime de jornada integral...

Vale-transporte pode vir a ser pago em dinheiro

Tramita na Câmara o Projeto de Lei 6087/05, do deputado Alexandre Cardoso (PSB-RJ), que faculta o pagamento do vale-transporte em espécie. A...

Doença incapacitante pode dar direito a saque do FGTS

A Câmara analisa o Projeto de Lei 6086/05, do deputado João Batista (PP-SP), que autoriza os portadores de doenças incapacitantes e seus...

Temas relacionados

Notícias

Advocacia

Outras matérias

Todas as matérias organizadas por assunto


Central Jurídica

Todos os direitos reservados.

Proibida a reprodução total ou parcial sem autorização.

Política de Privacidade