Shoppings vão poder cobrar por estacionamento no Rio de Janeiro

Notícias - Direito do Consumidor - Quinta-feira, 26 de maio de 2005

O Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro deu provimento ao recurso da Associação Brasileira de Shoppings Centers (Abrasce) e suspendeu, liminarmente, a eficácia da Lei Estadual 4.541/2005, que concedeu gratuidade nos estacionamentos dos shoppings para quem apresentasse notas fiscais totalizando dez vezes o valor cobrado pela vaga.

A maioria dos desembargadores entendeu que a cobrança do estacionamento diz respeito ao direito de propriedade, prevista pelo Código Civil, cuja competência para legislar é da União. Eles também consideraram que o TJRJ já havia decidido no mesmo sentido, assim como o Supremo Tribunal Federal.

O presidente do Tribunal de Justiça do Rio disse que esta questão precisava ser resolvida logo pelo TJ para trazer tranqüilidade à sociedade.

A decisão entendeu que a lei invade o direito de propriedade e que os donos dos shoppings podem dispor das vagas da maneira que lhes for conveniente, ressaltando que o estado e o município cobram nos seus estacionamentos, mas querem que nos dos particulares a vaga seja gratuita.

O estacionamento em shopping é um contrato de depósito, refere-se ao Direito Civil, quem legisla é a União. A lei é formalmente inconstitucional, encerra.

Matérias relacionadas

Para a OAB, o aval do MEC à enxurrada de cursos cria indústria do diploma

Desde 1998, o Ministério da Educação vem autorizando - na grande maioria das vezes sem o parecer favorável da Ordem dos Advogados do Brasil - a...

Aprovada merenda especial para aluno com diabetes

A Comissão de Educação e Cultura aprovou nesta quarta-feira o Projeto de Lei 4052/04, do deputado Carlos Nader (PL-RJ), que obriga as escolas...

Projeto prevê a numeração de cadeiras em cinemas

A Comissão de Educação e Cultura aprovou hoje substitutivo ao Projeto de Lei 4032/04, do deputado Pompeo de Mattos (PDT-RS), que torna...

Comissão de Seguridade vai discutir exame de ingresso para médicos

A Comissão de Seguridade Social e Família realizará audiência pública sobre a proposta de se instituir exame de ordem para novos...

Projeto abranda execução de dívidas trabalhistas

A Câmara está analisando o Projeto de Lei 5140/05, do deputado Marcelo Barbieri (PMDB-MG), que altera a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT)...

Aprovados novos temas para currículos escolares

A Comissão de Educação e Cultura aprovou há pouco substitutivo da deputada Iara Bernardi (PT-SP) ao Projeto de Lei 5246/01, do deputado Carlos...

TST prepara-se para nova etapa do Bacen-Jud

O Tribunal Superior do Trabalho assina, em junho, convênio com o Banco Central para a adoção de novo programa de informática que possibilitará o...

Segunda Seção do STJ aprova nova súmula

Os ministros que compõem a Segunda Seção do Superior Tribunal de Justiça aprovaram uma nova súmula, a de número 313, da jurisprudência do...

Projeto iguala usuário de banco a consumidor

O público que utiliza os serviços bancários poderá ser equiparado aos consumidores em geral, se o Projeto de Lei 4989/05, do deputado Celso...

Rescisão do contrato de trabalho pode mudar

As regras para rescisão do contrato de trabalho poderão mudar. Se o Congresso aprovar o Projeto de Lei 5084/05, a rescisão só poderá ser...

Temas relacionados

Notícias

Direito do Consumidor

Outras matérias

Todas as matérias organizadas por assunto


Central Jurídica

Todos os direitos reservados.

Proibida a reprodução total ou parcial sem autorização.

Política de Privacidade