Diciona

Mantida penhora para garantir crédito de mais de 600 servidores

Notícias - Direito Processual Trabalhista - Terça-feira, 2 de Novembro de 2004

A Empresa de Gestão de Recursos Humanos e Patrimônio de Mato Grosso do Sul (EGRHP-MS) não conseguiu invalidar a penhora sobre imóveis avaliados em R$ 6,7 milhões. Bens da Empaer foram transferidos para a EGRHP-MS, e depois para o Idaterra. O TRT-MS considerou ineficaz a transferência dos bens penhorados antes da extinção da empresa devedora, com a total quitação das dívidas e obrigações.






Todos os direitos reservados

Proibida a reprodução total ou parcial sem autorização

Política de Privacidade | Editorial | Contato