Capa  |  Concursos  |  Doutrinas  |  Matérias  |  Jurisprudências  |  Modelos  |  Sentenças  |  Dicionários  |  Livraria  |  Loja Virtual
 Navegação
  Capa
  Mapa do site
  Livraria Jurídica
  Loja Virtual
 Bases Jurídicas
  Jurisprudências
  Súmulas
 Modelos
  Petições
  Contratos
  Recursos de Multas
 Doutrinas
  Cíveis
  Criminais
  Trabalhistas
 Matérias
  Notícias
  Julgados
 Sentenças
  Cíveis
  Criminais
  Trabalhistas
 Dicionários
  Termos jurídicos
  Expressões em Latim
 Especiais
  Advocacia de Sucesso
  Concursos Públicos
 Gerência
  Editorial
  Privacidade
  Fale conosco
  Parceiros
 Busca


 Matéria > Julgados > Advocacia
Links Patrocinados e Conteúdo relacionado
Presidente da OAB-MT critica
Exame de Ordem é modelo para outras profissões
Falso advogado é preso no Espírito Santo com carteira da OAB
Mudam as regras para cópias reprográficas de processos do STJ
OAB-ES ganha liminar que isenta advogados do ISS
OAB-MT condena projeto de deputado para acabar com Exame de Ordem
Advogado acusado de roubar celular pode ser cassado pela OAB
Sem justificativa, advogado não pode ser impedido de retirar processo
Julgados - Advocacia    Segunda-feira, 19 de Setembro de 2005
Para a Seção Especializada em Dissídios Individuais (SDI) do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região (TRT-SP), o advogado não pode ser impedido de retirar da Vara do Trabalho processo de seu cliente sem justificativa plausível.

O entendimento da seção foi aplicado no julgamento do Mandado de Segurança de uma advogada que, em nome de seu cliente, recorreu ao TRT-SP contra uma determinação do juiz da Vara do Trabalho de Ribeirão Pires.

De acordo com a advogada, ao saber que a ação trabalhista em que atua tinha sido julgada improcedente, ela pediu para levar o processo, para que pudesse elaborar recurso contra a decisão. Do funcionário da vara, recebeu, por escrito, a informação de que "os autos não poderiam ser retirados em carga".

Segundo a advogada, a atitude do juiz da vara violou o art. 5.º , LV, da Constituição Federal, que garante "o direito ao contraditório à ampla defesa e aos recursos a ela inerentes".

Para o juiz Nelson Nazar, relator do mandado no TRT-SP, como a reclamação trabalhista foi julgada improcedente, não existe "qualquer impedimento a inviabilizar a retirada dos autos em carga, como pretendido pelo reclamante".

O relator acrescentou que a certidão expedida pela secretaria da vara "é desprovida de qualquer fundamento plausível que justificasse eventual prejuízo que a carga dos autos poderia acarretar, caso fosse concretizada".

O juiz Nazar concedeu liminar para que fosse "permitida aos patronos do impetrante regularmente constituídos a retirada dos autos em carga e deferida a devolução do prazo recursal". A decisão foi referendada por todos os juízes da SDI, que a tornaram definitiva.
Clique aqui para ser direcionado à fonte
Links Patrocionados

Matérias relacionadas
Continua inquérito contra advogado que alegou doença para adiar audiência
Negado habeas-corpus a advogado investigado por fraudes no INSS
Projeto de lei restringe vestibulares para Direito no país
Advogado acusado de roubar celular pode ser cassado pela OAB
Falso advogado é preso no Espírito Santo com carteira da OAB
Mudam as regras para cópias reprográficas de processos do STJ
Tribunal de Justiça do Espírito Santo vai ampliar horário de atendimento
Habeas Corpus tranca ação penal de promotores contra advogado
Clique aqui para ver todas as matérias relacionadas

Veja notícias e julgados de uma matéria específica
AdvocaciaDireito do ConsumidorDireito do TrabalhoDireito CivilDireito de FamíliaDano MoralDireito PenalDireito Processual TrabalhistaDireito Processual CivilDireito Processual PenalDireito ConstitucionalDireito do TrânsitoDireito TributárioDireito InternacionalDireito EleitoralDireito AdministrativoDireito PrevidenciárioDireito ComercialDireito AmbientalDireito MédicoDireito MilitarDiversos

Modelos de Petições - Modelos de Contratos - Recursos de Multas de Trânsito
Jurisprudências Selecionadas - Jurisprudências
© Copyright Central Jurídica - 2004/2008.
Todos os direitos reservados.
Tabela cjn_cache atualizada com sucesso!