Oferta de vagas no ensino superior público do Brasil pode ser ampliada

Notícias - Diversos - Sexta-feira, 19 de agosto de 2005

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) aprovou a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 469/01, que amplia a oferta de vagas no ensino superior público no Brasil. Para garantir o acesso de mais estudantes às universidades públicas, a PEC, de autoria do deputado Ivan Valente (PT-SP), estabelece a criação de novas escolas, além da expansão e descentralização das instituições já existentes. O objetivo é levar o ensino universitário público às cidades de maior densidade populacional, inclusive no interior do País.

De acordo com Valente, hoje as instituições públicas de ensino superior não conseguem acompanhar as demandas da sociedade. Em sua opinião, faltam políticas específicas para a expansão da formação universitária na rede pública. ´Não se expandiram os campi, e as poucas vagas criadas nas universidades federais decorreram da iniciativa e do esforço das próprias instituições e não de uma política de Governo`, explica.

A omissão do Estado, na avaliação do deputado, causou o crescimento desenfreado de faculdades privadas, ´que suprem a lacuna deixada pelo setor público, mas não resolvem o problema, pois nem todos os jovens conseguem pagar as mensalidades e nem todas as escolas conseguem oferecer formação profissional de qualidade`, alerta. Esse cenário, prossegue, revela a necessidade de uma vigorosa ação da União ´a fim de cumprir o seu papel constitucional na ampliação da oferta desse nível de ensino`, conclui o deputado.

Com a aprovação do parecer pela admissibilidade na CCJ, a Mesa Diretora da Câmara criará uma comissão especial para analisar o mérito da PEC. Por fim, será submetida à votação pelo Plenário.

Matérias relacionadas

Eleições e campanhas podem ter novas regras

O substitutivo ao projeto de lei que estabelece novas normas para as eleições, aprovado ontem pela Comissão de Constituição, Justiça e...

Cultura indígena pode ser incluída no currículo escolar

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) aprovou ontem o Projeto de Lei 433/03, da ex-deputada Mariângela Duarte, que inclui a...

Rejeitado incentivo para doação a universidade

A Comissão de Educação e Cultura rejeitou o Projeto de Lei 1488/03, do deputado Carlos Nader (PL-RJ), que dá desconto no Imposto de Renda e...

Comissão aprova adesão de oficinas mecânicas ao Simples

A Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio aprovou o Projeto de Lei 4576/04, do deputado Giacobo (PL-PR), que garante às...

Rejeitada mudança na lei de privatizações

A Comissão de Direito Econômico, Indústria e Comércio rejeitou o Projeto de Lei 2638/03, do Senado, que proíbe a União de privatizar as...

Aumento de PIS e Cofins pode ter compensação

A Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio aprovou o Projeto de Lei 3838/04, do deputado Antônio Carlos Magalhães Neto...

Câmara aprova critérios para Livro de Heróis da Pátria

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania aprovou, em caráter conclusivo, o Projeto de Lei 2022/03, que estabelece critérios mínimos...

Critério para promoção de juiz pode mudar

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania aprovou a admissibilidade da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 81/03, que substitui...

Lei de Responsabilidade Fiscal pode ser atenuada

Cinqüenta e cinco projetos tramitam na Câmara com o objetivo de alterar a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF, Lei Complementar 101/00). Em vigor...

Débito poderá vir a ser passado de empresa para sócio

A Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio aprovou o Projeto de Lei Complementar 237/05, que permite a um ou mais sócios...

Temas relacionados

Notícias

Diversos

Outras matérias

Todas as matérias organizadas por assunto


Central Jurídica

Todos os direitos reservados.

Proibida a reprodução total ou parcial sem autorização.

Política de Privacidade