Isenção de IPI na compra de veículos pode ser ampliada

Notícias - Direito Tributário - Segunda-feira, 9 de janeiro de 2006

A Câmara analisa o Projeto de Lei 6109/05, do deputado Renato Casagrande (PSB-ES), que isenta os motoristas profissionais do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) na compra de plataformas, carrocerias, caminhões e camionetas especiais de fabricação nacional utilizadas para o serviço de guincho.

Para conseguir a isenção, o motorista profissional deverá comprovar que exerce sua atividade em veículo de sua propriedade com características especiais classificado como guincho.

A proposta também vale para as empresas especializadas na prestação de serviços de guincho.

A venda do veículo a pessoas que não satisfaçam às condições e aos requisitos estabelecidos acarretará o pagamento pelo vendedor do tributo dispensado, atualizado na forma da legislação tributária.

O vendedor também estará sujeito ao pagamento de multa e juros moratórios previstos na legislação em vigor para a hipótese de fraude ou falta de pagamento do imposto devido.

No caso de falecimento ou incapacitação do motorista profissional que atenda os requisitos para comprar veículos para guincho, ocorrido antes da aquisição do veículo profissional, o direito será transferido ao cônjuge, ou ao herdeiro, desde que seja motorista profissional habilitado e destine o veículo ao serviço de guincho.

O autor do projeto afirma que, em virtude do alto custo dos equipamentos e do "preço abusivo" cobrado pelas seguradoras, os guincheiros estão sendo "massacrados" em suas atividades profissionais, com redução substancial de empregos.

Segundo Casagrande, aqueles que permanecem no mercado trabalham com carros bem antigos. "Caminhões da década de 60 ainda circulam no País prestando serviços de guinchamento, colocando em risco a população usuária", afirma o deputado.

Casagrande observa que esses profissionais prestam grande serviço aos motoristas e à sociedade em geral, já que efetuam o resgate e remoção de veículos com problemas. Da mesma forma, acrescenta, ajudam na desobstrução das vias urbanas, estradas e rodovias.

O projeto tramita em caráter conclusivo nas comissões de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Matérias relacionadas

Competência para multar em estradas pode ser apenas da PRF

A Câmara analisa o Projeto de Lei 6132/05, do deputado Gonzaga Patriota (PSB-PE), que retira do Departamento Nacional de Estradas de Rodagem (DNER)...

Contas para recebimento de salários podem ser isentas de CPMF

Tramita na Câmara a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 476/05, do deputado Almir Moura (PFL-RJ), que acaba com a incidência da CPMF sobre a...

Trabalhador pode ter dois dias de folga para doar órgãos e tecidos

A Câmara analisa o Projeto de Lei 6127/05, do deputado João Batista (PFL-SP), que permite aos empregados ausentar-se do serviço por até dois dias...

Acompanhante de paciente idoso e criança pode ser benefícios em hospitais

A Câmara analisa o Projeto de Lei 6125/05, do deputado João Mendes de Jesus (PSB-RJ), que permite a permanência, nos hospitais públicos, de...

Seguro obrigatório pode ser criado para custear indenizações trabalhistas

A Câmara analisa o Projeto de Lei Complementar 301/05, do deputado Ricardo Barros (PP-PR), que cria um seguro obrigatório para custear as...

Discriminar portador de HIV poderá causar prisão

A Câmara analisa o Projeto de Lei 6124/05, do Senado, que fixa pena de reclusão de um a quatro anos para quem discriminar o portador do vírus da...

Idade mínima para porte de armas pode ser reduzida de 25 para 21 anos

A Câmara analisa o Projeto de Lei 6123/05, do deputado Francisco Appio (PP-RS), que reduz, de 25 para 21 anos, a idade permitida para obtenção de...

Regras para Receita emitir certidão podem mudar

Tramita na Câmara o Projeto de Lei 6121/05, do deputado Júlio Redecker (PSDB-RS), que amplia os casos e o prazo em que a Secretaria da Receita...

Advogado acusado de roubar celular pode ser cassado pela OAB

O presidente da Seccional de Pernambuco da Ordem dos Advogados do Brasil, Júlio Oliveira, afirmou que o advogado Luís Guilherme Passos Marinho vai...

Projeto de lei restringe vestibulares para Direito no país

Um polêmico projeto de lei do deputado Lincoln Portella (PL-MG) pretende restringir os vestitulares para cursos de Direito em faculdades onde os...

Temas relacionados

Notícias

Direito Tributário

Outras matérias

Todas as matérias organizadas por assunto


Central Jurídica

Todos os direitos reservados.

Proibida a reprodução total ou parcial sem autorização.

Política de Privacidade