Estudante não consegue liminar para inscrição em seleção do Prouni

Julgados - Direito Civil - Terça-feira, 3 de janeiro de 2006

O ministro Antônio de Pádua Ribeiro, presidente em exercício do Superior Tribunal de Justiça (STJ), indeferiu a liminar impetrada pela defesa de Moacir da Silva para que ele pudesse realizar a sua inscrição na pré-seleção a uma vaga do Prouni. O programa é destinado à concessão de bolsa de estudos integrais e parciais, para cursos de graduação e seqüenciais de formação específica, em instituições privadas de ensino superior, para estudantes de baixa renda familiar.

Ao impetrar o mandado de segurança, a defesa de Silva alegou que a Lei n. 11.096/05, que instituiu o Prouni, autoriza quem tenha prestado provas do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem) a concorrer a uma das vagas daquele programa. Além disso, sustentou que o Decreto 5.493 de julho de 2005, regulamentador da referida lei, disciplinou, em seu artigo 4º, que a pré-seleção "terá como base o resultado obtido no Exame de Ensino Médio referente à edição imediatamente anterior ao processo seletivo do Prouni".

"Esse decreto foi publicado após o encerramento das inscrições para o Enem 2005, levando-o a crer que o resultado do seu Enem de 2003 ainda seria válido. Porém, ao tentar realizar a sua inscrição no site do Ministério da Educação e Cultura, foi negado a Silva acesso eis que não constava número de Enem válido", ressaltou a defesa do estudante.

Ao decidir, o ministro Pádua Ribeiro destacou que, tendo Silva participado somente da etapa de 2003 do Enem, não parece cristalino o direito líquido e certo do estudante. "Não vejo preenchidos os pressupostos necessários à concessão da medida liminar eis que, não há, prima facie, evidências do alegado fumus boni iuris, na medida em que o impetrante não preenche, a princípio, os requisitos legais para se candidatar ao programa Prouni", disse.

Matérias relacionadas

Considerada legal a cobrança de tarifa básica na telefonia no RS

Não há ilegalidade na cobrança da tarifa básica prevista no contrato de prestação de serviços firmado entre o usuário e a Brasil Telecom. Com...

Município não deve cobrar ISS sobre serviços de tabelionatos

Os serviços prestados pelos notários e registradores públicos não são tributáveis pelo Imposto sobre Serviços (ISS). O entendimento é da 2ª...

Empresa aérea deve indenizar passageiro por atraso excessivo do vôo

A 9ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul confirmou condenação da Varig S/A (Viação Aérea Rio-grandense), que deverá...

Inadimplentes não têm legitimidade para solicitar cancelamento de registro

Cliente inadimplente não tem legitimidade para solicitar ao banco credor o cancelamento de cadastro negativo em órgãos como o SPC, Serasa e Bacen....

Resultado não esperado em cirurgia plástica motiva dano moral

Cirurgia plástica de natureza estética não caracteriza obrigação de meio, mas obrigação de resultado. A prestação do serviço médico deve...

Discussão de débito em contrato afasta inscrição em banco de dados

“A vedação de divulgação do nome da devedora em bancos de dados protetores de crédito, enquanto o débito decorrente do contrato está sendo...

Constrangimento em supermercado gera indenização

Ao suspeitar de cliente, o empregado do estabelecimento comercial deve agir com urbanidade, pois até então há suspeita e não a certeza do furto....

Habeas Corpus tranca ação penal de promotores contra advogado

A Segunda Turma Criminal do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT), concedeu a ordem em habeas corpus preventivo impetrado...

Isenção fiscal poderá beneficiar deficientes

Tramita na Câmara o Projeto de Lei 6097/05, do deputado Antonio Carlos Mendes Thame (PSDB-SP), que cria incentivos fiscais para a fabricação de...

Banco Meridional consegue reduzir indenização por dano moral

Em decisão unânime, a Quarta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) reduziu o valor da indenização a ser paga pelo Banco Meridional do...

Temas relacionados

Julgados

Direito Civil

Outras matérias

Todas as matérias organizadas por assunto


Central Jurídica

Todos os direitos reservados.

Proibida a reprodução total ou parcial sem autorização.

Política de Privacidade