Taxa de renovação da CNH para idosos pode ser reduzida

Notícias - Direito do Trânsito - Segunda-feira, 9 de janeiro de 2006

Tramita na Câmara o Projeto de Lei 6115/05, da deputada Telma de Oliveira (PSDB-MT), que altera o Código de Trânsito Brasileiro (Lei 9503/97) para instituir taxas proporcionais para os dois tipos de exames de renovação da Carteira Nacional de Habilitação (CNH): o exame para motoristas com menos de 65 anos de idade, que tem validade de cinco anos; e o destinado a idosos, com validade de apenas três anos. Na opinião de Telma de Oliveira, é injusto cobrar o mesmo valor para as duas modalidades, visto que seus períodos de vigência são distintos.

Atualmente, de acordo com a tabela do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), as taxas referentes à renovação da CNH somam R$ 95. Caso seja aprovado o projeto, os idosos pagariam cerca de R$ 57 pela renovação.

A Câmara analisa outros projetos de mudança nas regras para renovação da CNH. Entre eles está o Projeto de Lei 5923/01, do ex-deputado Wagner Salustiano, que torna o documento gratuito para os portadores de deficiência física. Já o PL 5445/05 , do deputado Givaldo Carimbão (PSB-AL), prevê emissão gratuita da CNH, nas categorias C e D, aos candidatos que comprovadamente tenham renda familiar inferior a dois salários mínimos (R$ 600). A gratuidade é estendida aos exames de saúde e suas renovações.

O PL 6115/05, que tramita em caráter conclusivo, será analisado pelas comissões de Viação e Transportes; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Matérias relacionadas

Câmara pode votar mudança na tramitação de Medidas Provisórias

No período de autoconvocação da Câmara, os deputados deverão analisar a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 491/05, do deputado...

Tamanho das cédulas poderá variar conforme o valor

O Projeto de Lei Complementar (PLP) 295/05, em tramitação na Câmara, determina que as cédulas e moedas brasileiras tenham tamanhos diferentes...

Aplicação financeira de servidor pode ser limitada

A Câmara analisa o Projeto de Lei 6114/05, do deputado Lincoln Portela (PL-MG), que limita a R$ 500 mil o valor para aplicação em fundos de...

Isenção de IPI na compra de veículos pode ser ampliada

A Câmara analisa o Projeto de Lei 6109/05, do deputado Renato Casagrande (PSB-ES), que isenta os motoristas profissionais do Imposto sobre Produtos...

Competência para multar em estradas pode ser apenas da PRF

A Câmara analisa o Projeto de Lei 6132/05, do deputado Gonzaga Patriota (PSB-PE), que retira do Departamento Nacional de Estradas de Rodagem (DNER)...

Contas para recebimento de salários podem ser isentas de CPMF

Tramita na Câmara a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 476/05, do deputado Almir Moura (PFL-RJ), que acaba com a incidência da CPMF sobre a...

Trabalhador pode ter dois dias de folga para doar órgãos e tecidos

A Câmara analisa o Projeto de Lei 6127/05, do deputado João Batista (PFL-SP), que permite aos empregados ausentar-se do serviço por até dois dias...

Acompanhante de paciente idoso e criança pode ser benefícios em hospitais

A Câmara analisa o Projeto de Lei 6125/05, do deputado João Mendes de Jesus (PSB-RJ), que permite a permanência, nos hospitais públicos, de...

Seguro obrigatório pode ser criado para custear indenizações trabalhistas

A Câmara analisa o Projeto de Lei Complementar 301/05, do deputado Ricardo Barros (PP-PR), que cria um seguro obrigatório para custear as...

Discriminar portador de HIV poderá causar prisão

A Câmara analisa o Projeto de Lei 6124/05, do Senado, que fixa pena de reclusão de um a quatro anos para quem discriminar o portador do vírus da...

Temas relacionados

Notícias

Direito do Trânsito

Outras matérias

Todas as matérias organizadas por assunto


Central Jurídica

Todos os direitos reservados.

Proibida a reprodução total ou parcial sem autorização.

Política de Privacidade