Farmácias já podem fracionar medicamentos

Notícias - Direito do Consumidor - Terça-feira, 24 de maio de 2005

As farmácias e os laboratórios farmacêuticos interessados no fracionamento de medicamentos já podem solicitar a autorização para esse tipo de serviço. Foi publicada no Diário Oficial a norma (RDC 135/05) da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), que define as regras para o fracionamento de medicamentos.

De acordo com o documento somente os estabelecimentos com licença de farmácia poderão exercer essa prática, e fracionamento será feito somente na quantidade prescrita pelo médico.

Segundo o diretor da Anvisa, Dirceu Raposo, o início da venda fracionada para o consumidor pode começar imediatamente. Segundo ele, os estabelecimentos e laboratórios que estiverem adequados precisam apenas fazer uma solicitação à Anvisa e às vigilâncias sanitárias locais.

Dirceu explica que as farmácias autorizadas deverão ser identificadas, e o consumidor deve procurar as farmácias credenciadas onde o farmacêutico responsável poderá fazer o fracionamento.

Para realizar o fracionamento o estabelecimento deverá ter um ambiente exclusivo para a divisão dos medicamentos. Neste local as bancadas deverão ser revestidas de material liso e de fácil limpeza, não poderá haver comunicação direta com lavatórios e sanitários.

O farmacêutico deverá ser identificado de forma distinta dos demais funcionários. Além disso, o consumidor deve ter condições de acompanhar o processo pelo lado de fora da sala.

Já os laboratórios que desejarem fornecer medicamentos fracionados deverão adequar suas embalagens. Uma das principais exigências é que a embalagem primária, a menor fração da embalagem original, conserve todas as qualidades do medicamento e traga seu nome, a concentração da substância, nome do titular do registro, número de lote e validade, e a via de administração.

Após o fracionamento o medicamento será colocado numa segunda embalagem acompanhada da bula do produto. O acondicionamento de medicamentos diferentes na mesma embalagem fica proibido, assim como a divisão antes da apresentação da prescrição médica.

Matérias relacionadas

Shoppings vão poder cobrar por estacionamento no Rio de Janeiro

O Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro deu provimento ao recurso da Associação Brasileira de Shoppings Centers (Abrasce) e...

Para a OAB, o aval do MEC à enxurrada de cursos cria indústria do diploma

Desde 1998, o Ministério da Educação vem autorizando - na grande maioria das vezes sem o parecer favorável da Ordem dos Advogados do Brasil - a...

Aprovada merenda especial para aluno com diabetes

A Comissão de Educação e Cultura aprovou nesta quarta-feira o Projeto de Lei 4052/04, do deputado Carlos Nader (PL-RJ), que obriga as escolas...

Projeto prevê a numeração de cadeiras em cinemas

A Comissão de Educação e Cultura aprovou hoje substitutivo ao Projeto de Lei 4032/04, do deputado Pompeo de Mattos (PDT-RS), que torna...

Comissão de Seguridade vai discutir exame de ingresso para médicos

A Comissão de Seguridade Social e Família realizará audiência pública sobre a proposta de se instituir exame de ordem para novos...

Projeto abranda execução de dívidas trabalhistas

A Câmara está analisando o Projeto de Lei 5140/05, do deputado Marcelo Barbieri (PMDB-MG), que altera a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT)...

Aprovados novos temas para currículos escolares

A Comissão de Educação e Cultura aprovou há pouco substitutivo da deputada Iara Bernardi (PT-SP) ao Projeto de Lei 5246/01, do deputado Carlos...

TST prepara-se para nova etapa do Bacen-Jud

O Tribunal Superior do Trabalho assina, em junho, convênio com o Banco Central para a adoção de novo programa de informática que possibilitará o...

Segunda Seção do STJ aprova nova súmula

Os ministros que compõem a Segunda Seção do Superior Tribunal de Justiça aprovaram uma nova súmula, a de número 313, da jurisprudência do...

Projeto iguala usuário de banco a consumidor

O público que utiliza os serviços bancários poderá ser equiparado aos consumidores em geral, se o Projeto de Lei 4989/05, do deputado Celso...

Temas relacionados

Notícias

Direito do Consumidor

Outras matérias

Todas as matérias organizadas por assunto


Central Jurídica

Todos os direitos reservados.

Proibida a reprodução total ou parcial sem autorização.

Política de Privacidade