Comissão aprova loteria para sanear dívidas de clube de futebol

Notícias - Diversos - Terça-feira, 23 de agosto de 2005

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) aprovou hoje o Projeto de Lei 5524/05, do deputado Pedro Canedo (PP-GO), que cria a Timemania, loteria que deverá ajudar a sanear as finanças dos clubes de futebol. O projeto já havia sido aprovado pelas comissões de Seguridade Social e Família; e de Turismo e Desporto. Agora ele segue para o Plenário, em regime de urgência, ainda pendente de parecer da Comissão de Finanças e Tributação.

Pelo projeto, a Timemania será administrada pela Caixa Econômica Federal (CEF), que repassará 25% dos recursos arrecadados para os clubes de futebol. Os times deverão ceder o direito de uso de sua denominação, marca, emblema, hino ou símbolos para a divulgação e execução do concurso. Por outro lado, os recursos recebidos pelos clubes terão de ser usados para pagar débitos com a Receita Federal, o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

Recursos para o FNS
Inicialmente, a Timemania foi instituída pela Medida Provisória (MP) 249/05, que acabou revogada pela MP 254/05. A idéia, no entanto, não foi abandonada, mas retomada pelo PL 5524/05.

Na CCJ, coube ao deputado Luciano Zica (PT-SP) ler o parecer do relator, deputado Dr. Rosinha (PT-PR). O parecer foi favorável ao projeto e às emendas de Plenário e da Comissão de Turismo e Desporto, com apenas uma alteração quanto aos destinatários dos recursos a serem gerados pela futura loteria: as Santas Casas de Misericórdia foram substituídas pelo Fundo Nacional de Saúde (FNS).

Ministério do Esporte
O projeto estabelece uma receita líquida para o governo de 3,5% do total do valor arrecadado, que deverá ser aplicada pelo Ministério do Esporte em programas de desenvolvimento esportivo na educação básica e superior.

Da arrecadação total, 46% serão destinados ao pagamento dos prêmios, 20% ao custeio e manutenção do serviço, 3% ao Fundo Penitenciário Nacional (Funpen), 1,5% às Secretarias de Esporte dos Estados e Distrito Federal e 1% ao orçamento da Seguridade Social.
Fica estabelecido prazo de 120 meses para a quitação dos débitos dos clubes de futebol, com tolerância máxima de três parcelas mensais em inadimplência. O clube em atraso poderá ser afastado da loteria.

Matérias relacionadas

Debate discute redução de jornada de enfermeiros

A Comissão de Seguridade Social e Família debateu hoje o Projeto de Lei 2295/00, de autoria do Senado, que limita em 30 horas semanais a jornada de...

Professores da rede pública de ensino poderão ter de bolsas de estudo

A Comissão de Educação e Cultura analisa o Projeto de Lei (PL) 5463/05, do Poder Executivo, que autoriza a concessão de bolsas de estudo e de...

Vice presidente da OAB critica excesso de cargos de confiança

O vice-presidente do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Aristóteles Atheniense, criticou há pouco o excesso de cargos de...

Exibição dos rostos de presos pela mídia pode ser liberada

A exibição nos meios de comunicação dos rostos de pessoas presas será liberada, caso o Projeto de Lei 5660/05, do deputado Medeiros (PL-SP),...

Projeto proíbe qualquer tipo de propaganda em cinemas

A Câmara analisa o Projeto de Lei 5725/05, do deputado Luiz Bassuma (PT-BA), que proíbe qualquer tipo de propaganda nas salas de cinema.

De...

Carteira estudantil pode valer como identidade até 21 anos

A carteira de estudante poderá ter valor legal equivalente ao da carteira de identidade para os menores de 21 anos. É o que prevê o Projeto de Lei...

Acordo com a Bélgica contra bitributação pode ser ratificado

A Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional apresentou à Câmara o Projeto de Decreto Legislativo 1798/05, que submete ao Congresso a...

Chefes de Poderes apóiam projeto sobre lavagem de dinheiro

No documento assinado pelos chefes dos três poderes - presidente Luiz Inácio Lula da Silva, presidentes da Câmara, Severino Cavalcanti; do Senado...

Educador defende entrada no mercado de trabalho mais tarde

A ampliação da idade mínima para ingresso no mercado de trabalho foi defendida hoje pelo educador Antonio Carlos Gomes da Costa em audiência...

Comissão aprova projeto contra violência doméstica

A Comissão de Seguridade Social e Família aprovou nesta quarta-feira o Projeto de Lei 4559/04, que prevê medidas para combater a violência...

Temas relacionados

Notícias

Diversos

Outras matérias

Todas as matérias organizadas por assunto


Central Jurídica

Todos os direitos reservados.

Proibida a reprodução total ou parcial sem autorização.

Política de Privacidade