Comerciante ressarcido por acidente de trânsito

Julgados - Direito do Trânsito - Quarta-feira, 31 de agosto de 2005

A 4ª Turma de Recursos de Criciúma, em Santa Catarina, confirmou na íntegra decisão do juiz Luiz Fernando Boller, titular do Juizado Especial Cível da Comarca de Tubarão, e negou pleito formulado pela engenheira química M.L.S.C., que pretendia ser ressarcida por danos materiais suportados por seu veículo em acidente de trânsito que envolveu ainda o automóvel do comerciante O.A.A.M.

A colisão ocorreu na confluência da avenida Rio Branco com a rua Rosário, área central de Tubarão, no início da manhã do dia 8 de maio de 2004. M.L. disse que seu automóvel, na ocasião dirigido pelo filho, M.C.M., teve a trajetória interrompida pelo veículo de O., que ingressou na avenida Rio Branco através da rua Rosário sem as devidas cautelas, provocando a colisão.

Ela cobrava, na ação, ressarcimento da franquia de seu seguro, no valor de R$ 1,2 mil. Já O.A. garantiu que a culpa pelo acidente foi de M.C. que, ao dirigir em excesso de velocidade numa via calçada por paralelepípedos em dia de chuva, perdeu o controle do carro e chocou-se contra seu veículo, provocando-lhe prejuízo de R$ 4,8 mil, que também buscava ser ressarcido.

Após ouvir testemunhas e analisar o local do acidente – por onde trafega rotineiramente para abastecer seu veículo em posto de combustível ali localizado, o juiz Boller julgou improcedente o pedido de M.L. e condenou-a ao pagamento dos prejuízos sofridos pelo comerciante. A decisão foi confirmada agora pela 4ª Turma de Recursos, por seus próprios fundamentos.

Matérias relacionadas

Negada indenização para menor morto na Farra do Boi

A 2ª Câmara de Direito Civil do Tribunal de Justiça de Santa Catarina, por maioria de votos, reformou sentença da Comarca da Capital e julgou...

Condenado homem que aplicou o golpe do ´Baú da Felicidade`

A 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Santa Catarina, em apelação relatada pelo Desembargador Solon d’Eça Neves, confirmou...

Falso advogado recebe voz de prisão em gabinete de juíza

Roberto Alexandre da Cunha, natural de Imaruí, que atuava de forma ilegal como advogado, principalmente em feitos de natureza bancária, nas...

Fundamentos jus-filosóficos para decisão inédita em Itajaí

O juiz Rodolfo Cezar Ribeiro da Silva, titular da Vara da Fazenda Pública da Comarca de Itajaí, Santa Catarina, julgou procedente embargos...

Juiz proíbe acesso de crianças ao filme ´Madagascar` em Joinville

O juiz Alexandre Morais da Rosa, titular da Vara da Infância e da Juventude da Comarca de Joinville, Santa Catarina, determinou aos cinemas daquela...

Direito de regresso também carece de elenco probatório robusto

A 4ª Turma de Recursos de Criciúma confirmou na íntegra decisão do juiz Luiz Fernando Boller, titular do Juizado Especial Cível da Comarca de...

Auto de infração independe da presença do agente no tempo da ocorrência

A Segunda Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ), por maioria, decidiu que não é necessária a presença do agente para lavratura do auto de...

Omissão na apresentação de prova resulta em pena de confissão

A Subseção de Dissídios Individuais 1 (SDI-1) manteve decisão em que foi aplicada pena de confissão ficta (presumida) a uma empresa que...

Incide INSS sobre vale-transporte sem contrapartida de empregado

O vale-transporte integra o salário-de-contribuição quando o empregador não efetuar o desconto de 6% sobre o salário-base do empregado, parcela...

Deferimento de apenas um pedido caracteriza sucumbência recíproca

Em processos com dois pedidos diferentes, o deferimento de apenas um deles implica a existência de sucumbência recíproca. A conclusão é da...

Temas relacionados

Julgados

Direito do Trânsito

Outras matérias

Todas as matérias organizadas por assunto


Central Jurídica

Todos os direitos reservados.

Proibida a reprodução total ou parcial sem autorização.

Política de Privacidade