Juiz autoriza aborto de feto anencefálico em GO

Julgados - Direito Penal - Quinta-feira, 18 de novembro de 2004

O juiz da 1ª Vara Criminal de Goiânia, acatou parecer do Ministério Público e laudo médico específico e autorizou que uma dona de casa, grávida de cinco meses, faça o aborto de seu feto anencefálico. O juiz afirmou ter o direito de autorizar o aborto mesmo com a recente decisão do STF que cassou uma liminar que havia autorizado aborto em caso similar. ´Quem se sentir lesado que recorra`, afirmou. Segundo a decisão, a interrupção da gravidez deve ser admitida quando se verificar a impossibilidade de vida autônoma do feto, como no caso da acrania (ausência de crânio), anencefalia (ausência de cérebro) ou anomalias semelhantes constatadas por uma equipe de médicos.

Matérias relacionadas

Perdigão é condenada por demitir empregado que concorria à Cipa

O TST manteve decisão que condenou a Perdigão Agroindustrial S/A a indenizar um funcionário demitido sem justa causa quatro dias antes de...

É inviável quebra de sigilo bancário pelo Banco Central

Não se deve confundir o poder de fiscalização atribuído ao Banco Central com o poder de violar o sigilo bancário, que é norma de ordem...

É impossível crime contra a honra de conselho profissional

Pessoa jurídica não pode figurar como sujeito passivo de crimes contra a honra, como injúria, calúnia e difamação. O entendimento do STJ foi...

TST afasta direito à indenização adicional por adesão a PDV

A indenização adicional no valor de um salário mensal garantida em lei ao empregado dispensado sem justa causa no mês anterior ao reajuste...

Citação por edital é permitida somente em execução judicial

Inválida citação por edital dirigida pela Caixa Econômica Federal a mutuário inadimplente. Assim decidiu o STJ ao analisar caso em que a...

Bem de família não pode ser penhorável

O Tribunal de Justiça e Goiás entendeu que a proteção à moradia se inclui como forma de preservação da dignidade da pessoa humana, negando...

Hospital e médico condenados a indenizar mãe de paciente

O Hospital e Maternidade Jardim América e médico foram condenados, pela 7ª Vara Cível de Goiânia, a pagar indenização de 120 salários mínimo...

Só a lei pode conceder isenções do ICMS

Ato de governador de estado que, mediante decreto, concede remissão de crédito tributário é passível de nulidade. Com esse entendimento, o STJ...

Acordos coletivos não podem reduzir ou suprimir direitos

Segundo decisão do TRT da 2ª Região (SP), sindicato e empresa não podem firmar acordo coletivo para reduzir ou suprimir direitos dos...

Tributo entra na base de cálculo de honorário de advogado

Os honorários do advogado devidos na Justiça do Trabalho são calculados sobre o valor da condenação sem a dedução de tributos. O...

Temas relacionados

Julgados

Direito Penal

Outras matérias

Todas as matérias organizadas por assunto


Central Jurídica

Todos os direitos reservados.

Proibida a reprodução total ou parcial sem autorização.

Política de Privacidade