Mate Leão terá de pagar indenização por acidente de trânsito

Julgados - Direito do Trânsito - Segunda-feira, 3 de outubro de 2005

A juíza da 35ª Vara Cível do Rio, Myriam Medeiros da Fonseca Costa, condenou a Mate Leão Júnior a pagar indenização de R$ 20 mil por danos morais e estéticos a Rogério Jesus de Oliveira, em decorrência de um acidente automobilístico.

Em 2002, ao passar por São Cristóvão, na Zona Norte do Rio, Rogério foi obrigado a se jogar ao chão com sua moto para desviar de um caminhão da empresa que, de forma imprudente e súbita, teria efetuado manobra ilegal para se dirigir a um galpão. Em conseqüência do acidente, Rogério sofreu fraturas na perna e teve que submeter a uma cirurgia.

A Mate Leão contestou o relato de Rogério, alegando que o acidente foi causado única e exclusivamente por ele, que, em local proibido (faixa contínua), teria ultrapassado o caminhão, quando este executava manobra regular e legal.

A juíza Myriam Medeiros da Fonseca Costa entendeu que no caso houve culpa concorrente ou concorrência de causas, em que paralelamente à conduta do agente causador do dano, há também conduta culposa da vítima, de modo que o acidente decorreu do comportamento culposo de ambos.

A juíza, porém, determinou que, além da indenização por dano moral e estético, a empresa deve pagar a Rogério uma pensão, a título de lucro cessante (período em que ficou sem trabalhar), de 50% do salário mínimo durante um ano a partir da data do acidente. Daí em diante, o percentual passa a ser de 17,5% até Rogério atingir a idade prevista para a aposentadoria.

Matérias relacionadas

Telemar prefere pagar indenizações a mudar seu sistema

A juíza da 3ª Vara Cível do Rio, Maria Cristina Gutiérrez, condenou a Telemar Norte Leste S/A a indenizar em R$ 5 mil a consumidora Gilsiane Melo...

Hotel é condenado a pagar indenização a casal em lua-de-mel

A juíza substituta da 4ª Vara Cível do Rio, Renata de Lima Machado Amaral, condenou o Caesar Park Hotel a pagar indenização de R$ 6 mil a um...

Apresentador de TV que paga imposto como empresa não é empregado

Para a 2ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região, o apresentador de televisão que firma contrato de prestação de serviço como...

Banco tem responsabilidade objetiva por roubo de jóias empenhadas

A Quarta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) manteve decisão de segunda instância que considerou a Caixa Econômica Federal (CEF)...

Empresa paranaense condenada em R$ 150 mil por pirataria de software

A Alimentos Zaeli Ltda. terá de pagar R$ 151 mil, corrigidos a partir de julho de 2003, à Microsoft Corporation em razão do uso de programas de...

Administração não pode usar legislação posterior para reformar contrato

Se é verdade que o Poder Público tem o direito de modificar seus contratos administrativos, não é razoável, no entanto, que se permita à...

Código de Defesa do Consumidor se aplica ao extravio de bagagem

O extravio de mercadoria em transporte aéreo internacional causado pela negligência da empresa transportadora deve gerar indenização pelo valor...

Desfeita penhora sobre caminhão hipotecado em cédula de crédito

A Segunda Turma do Tribunal Superior do Trabalho liberou da penhora um caminhão basculante hipotecado em cédula de crédito no valor de R$...

Mantido exercício de dois empregos públicos a médicos

O desdobramento, em dois contratos, da carga horária relativa ao cargo já exercido por um médico não configura a existência de dois vínculos de...

Banco impedido de repassar a empregado prejuízo por inadimplência

A Caixa Econômica Federal não conseguiu modificar no Tribunal Superior do Trabalho a decisão regional que impediu a instituição de efetuar...

Temas relacionados

Julgados

Direito do Trânsito

Outras matérias

Todas as matérias organizadas por assunto


Central Jurídica

Todos os direitos reservados.

Proibida a reprodução total ou parcial sem autorização.

Política de Privacidade