Comissão rejeita participação obrigatória em lucros

Notícias - Direito do Trabalho - Sexta-feira, 26 de agosto de 2005

A Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio rejeitou o Projeto de Lei 4886/05, do deputado Medeiros (PL-SP), que prevê a participação obrigatória dos trabalhadores nos lucros das empresas sempre que as negociações coletivas nesse sentido fracassarem.

O relator da matéria, deputado Léo Alcântara (PSDB-CE), reconheceu os méritos do sistema de participação nos lucros, mas alegou que o uso desse mecanismo deve ser fruto de acordo. "Não se deve impor um modelo de gestão às empresas", argumentou. Além disso, segundo Alcântara, haveria o risco de os trabalhadores serem obrigados a trocar os salários - que são rendas fixas e garantidas - por cotas dos eventuais lucros de seus empregadores.

O deputado Medeiros, por sua vez, argumenta que apenas os trabalhadores de categorias com sindicatos fortes conseguem a participação nos lucros. O projeto, segundo ele, seria uma forma de tornar mais amplo e democrático o acesso a esse benefício.

A proposta ainda será analisada pelas comissões de Trabalho, Administração e Serviço Público; e de Constituição e Justiça e de Cidadania. Como foi rejeitada pela Comissão de Desenvolvimento Econômico, ela perdeu o caráter conclusivo e terá que ser votada também pelo Plenário.

Matérias relacionadas

Câmara aprova carga de 30 horas semanais para farmacêutico

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) aprovou o substitutivo da Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público ao...

Comissão aprova regras claras para negócios automotivos

A Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio aprovou o Projeto de Lei 3456/04, do deputado Giacobo (PL-PR), que estabelece...

Dívidas de microempresas podem ter renegociação

A Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio aprovou o Projeto de Lei 4449/04, que autoriza as micro e pequenas empresas a...

Policiais militares podem ter curso de primeiros socorros

A Comissão de Segurança Pública aprovou o Projeto de Lei 2339/03, do deputado Sandro Mabel (PL-GO), que inclui disciplina referente a primeiros...

Construtoras podem ter certificado de qualidade

A Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público aprovou o Projeto de Lei 4585/04, que exige a apresentação de atestado de...

Órgãos públicos podem ter prazo para fornecerem informações

A Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público aprovou o Projeto de Lei 4523/04, da deputada Laura Carneiro (PFL-RJ), que estabelece...

Programa federal de prevenção à osteoporose pode ser criado

A Câmara analisa o Projeto de Lei 5672/05, do deputado Carlos Nader (PL-RJ), que cria o Programa Federal de Combate e Prevenção à Osteoporose. O...

Aluno de escola pública poderá ter isenção no vestibular

Estudantes de escolas públicas poderão ser liberados da taxa de inscrição no vestibular, se o Congresso aprovar o Projeto de Lei (PL)...

Contratação de quem mora longe pode ser incentivada

A Câmara analisa o Projeto de Lei 5666/05, do deputado Ivo José (PT-MG), que cria incentivo para a contratação de trabalhadores que morem longe...

Cálculo sobre transporte de empregado pode ser uniformizado

A Câmara analisa o Projeto de Lei 5657/05, que determina que as empresas determinem o tempo médio gasto pelo empregado para chegar ao trabalho nos...

Temas relacionados

Notícias

Direito do Trabalho

Outras matérias

Todas as matérias organizadas por assunto


Central Jurídica

Todos os direitos reservados.

Proibida a reprodução total ou parcial sem autorização.

Política de Privacidade