Telefonistas recebem adicional de insalubridade por ruído

Julgados - Direito do Trabalho - Quinta-feira, 13 de outubro de 2005

Quatro telefonistas receberão adicional de insalubridade decorrente de ruído excessivo no trabalho, com a decisão da Quinta Turma do Tribunal Superior do Trabalho de negar conhecimento ao recurso da ré. Em sentença confirmada pela segunda instância, a Teleron - Telecomunicações de Rondônia foi condenada ao pagamento de adicional de insalubridade em grau médio com base em perícia que constatou ruído acima do limite tolerável de 85 decibéis no ambiente de trabalho.

No recurso, a Teleron sustentou que a atividade de telefonista não está listada como insalubre em norma regulamentar do Ministério do Trabalho. O relator, juiz convocado Walmir Oliveira da Costa, rejeitou o argumento. O Tribunal Regional entendeu devido o adicional em razão da constatação, por prova pericial, de que a atividade de telefonista era exercida em condições de insalubridade acima dos limites de tolerância estabelecidos pelas Normas Regulamentares, disse.

O relator rejeitou também a alegação de que a decisão do TRT contrariou a jurisprudência do TST (OJ 4, da SDI-1) que estabelece como requisito para a concessão do adicional de insalubridade a classificação da atividade insalubre na relação oficial do Ministério do Trabalho, não bastando a constatação por laudo pericial. O TRT, afirmou, não ficou restrito ao laudo pericial, pois constatou que o ruído estava acima dos limites estabelecidos na Norma Regulamentar.

De acordo com a perícia, as telefonistas trabalhavam em mesas operadores com monofone que emitia ruído constante e contínuo de 95 decibéis. Posteriormente, o ruído caiu para 88 decibéis, quando elas passaram a operar com microcomputadores.

Matérias relacionadas

Limpeza de banheiros de escolas dá insalubridade

A Quinta Turma do Tribunal Superior do Trabalho manteve a decisão regional que condenou uma escola de Porto Alegre (RS) a pagar adicional de...

Empresa é bem-sucedida em ação para limitar estabilidade sindical

A Segunda Turma do Tribunal Superior do Trabalho negou pedido de seis motoristas e cobradores de ônibus que pretendiam assegurar o reconhecimento de...

TST padroniza posição sobre juros em precatório complementar

O Pleno do Tribunal Superior do Trabalho decidiu tornar expressa, em suas decisões, a exclusão de juros de mora em precatório complementar no...

ECAD não pode cobrar direitos autorais em eventos sem fins lucrativos

É vedado ao Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (ECAD) a cobrança de direitos autorais de músicas tocadas em evento, quando...

Acusado de matar modelo será julgado por júri popular em Minas Gerais

O juiz sumariante do I Primeiro Tribunal do Júri de Minas Gerais, Nelson Missias de Morais, pronunciou hoje, 13 de outubro de 2005, o detetive...

Fluminense terá que estampar marca ´Estação do Corpo` em uniformes

O juiz da 40ª Vara Cível do Rio, Alexandre de Carvalho Mesquita, julgou procedente o pedido da Sport e Lazer IV Centenário e da Docas...

Em festa sem objetivo de lucro, prefeitura não precisa para direitos autorais

Não cabe cobrança de direitos autorais pelo Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (Ecad) contra municípios por causa de...

Empresa com sócio devedor em outra firma tem direito à Certidão Negativa

É descabida a recusa de fornecimento da Certidão Negativa de Débito (CND) a uma empresa sob o fundamento de que um de seus sócios é integrante...

Banco não é responsável por duplicata emitida indevidamente por empresa

O Banco não pode ser responsabilizado por duplicata emitida indevidamente por empresa, em caso de endosso-mandato. Com esse entendimento a Quarta...

Processo de médico denunciado por esquartejar ex-amante remetido ao MPF

O ministro Gilson Dipp, da Quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ), encaminhou ao Ministério Público Federal, para parecer, os autos do...

Temas relacionados

Julgados

Direito do Trabalho

Outras matérias

Todas as matérias organizadas por assunto


Central Jurídica

Todos os direitos reservados.

Proibida a reprodução total ou parcial sem autorização.

Política de Privacidade