Advogados se dividem sobre expediente integral na Justiça de MT

Notícias - Advocacia - Quarta-feira, 16 de novembro de 2005

A classe dos advogados em Mato Grosso está dividida quanto a proposta de funcionamento da Justiça em tempo integral. A proposta vem sendo discutida pelo Conselho Seccional com a direção do Poder Judiciário no Estado, tomando como base o horário de expediente já adotado pela Justiça Federal e também pela Justiça do Trabalho. Enquete realizada no site do Conselho Seccional apontou que 48,04% são contra a expansão do horário de atendimento na Justiça Estadual.

Ainda de acordo com a enquete, 46,62% se colocam a favor da proposta defendida pelo Conselho Seccional da OAB. O restante dos internautas que votaram na enquete, 5,33%, se disseram sem uma posição definida sobre o assunto. “Foi uma diferença apertada e tivemos uma variação de posição durante o período em que a enquete esteve no ar” – disse o presidente da OAB. Ao todo, 1482 internautas votaram.

Pela proposta, a Justiça estadual iniciaria seu expediente para o público a partir das 9 horas. Atualmente, o expediente é das 12 às 18 horas.

Matérias relacionadas

STJ terá julgamento inédito sobre responsabilidade civil por abandono afetivo

Está na pauta da próxima terça-feira, 22, o julgamento do recurso em que, pela primeira vez, serão debatidas no Superior Tribunal de Justiça...

SPC e Serasa podem ser obrigados a consultarem cartórios

Os bancos de dados de proteção ao crédito e de práticas comerciais, como o SPC e a Serasa, poderão ser obrigados a consultar as informações...

Medicamentos podem ter redução da carga tributária

A Câmara analisa a redução da carga tributária incidente sobre os medicamentos destinados a uso humano. O deputado Fernando de Fabinho (PFL-BA),...

Dono de terra arrendada pode ter cota maior

A Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural aprovou o substitutivo ao Projeto de Lei 5191/05, do deputado Moacir...

Partido pode ser proibido de cobrar de filiado servidor

Os partidos políticos poderão ser proibidos de cobrar contribuições de seus filiados ocupantes de cargos na administração pública, conforme...

Credor pode ter permissão para receber bens móveis do devedor

O Projeto de Lei 5977/05, apresentado pelo deputado Orlando Desconsi (PT-RS), permite que os credores recebam na Justiça bens móveis (e não apenas...

Doação para programa ambiental poderá ser deduzida do Imposto de Renda

Tramita na Câmara o Projeto de Lei 5974/05, do Senado, que prevê incentivos fiscais para projetos que promovam o uso sustentável dos recursos...

Conjuntos habitacionais podem ser obrigados a ter escolas

A obrigatoriedade da construção de escolas em conjuntos habitacionais financiados pelos programas habitacionais do governo federal está em...

Férias de celetista pode vir a ser fracionada em até três períodos

O trabalhador regido pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) poderá fracionar suas férias em até três períodos de 10 dias, pelo que...

Placas dos carros oficiais poderão mudar de cor

O Projeto de Lei 5957/05, apresentado em setembro pela deputada Perpétua Almeida (PCdoB-AC), determina que os veículos oficiais da União, do...

Temas relacionados

Notícias

Advocacia

Outras matérias

Todas as matérias organizadas por assunto


Central Jurídica

Todos os direitos reservados.

Proibida a reprodução total ou parcial sem autorização.

Política de Privacidade