Empresa não pode compensar dívida do ICMS com precatórios de terceiros

Julgados - Direito Tributário - Segunda-feira, 5 de dezembro de 2005

É notória a impossibilidade de compensar débitos do ICMS (Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços) com precatórios de terceiros. A determinação é dos integrantes da 2ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul, em desfecho à ação interposta por Farinhas Integrais Cisbra Ltda.

A empresa pediu a compensação em ação de Mandado de Segurança impetrado contra o Diretor do Departamento da Receita Pública Estadual. Argumentou ser possível fazer o contrabalanço de débitos com o Estado por meio de precatórios do Instituto de Previdência do Rio Grande do Sul (IPERGS), cedidos em seu favor.

O Desembargador Roque Joaquim Volkweiss, relator do processo, manifestou a impossibilidade. O magistrado destacou que a empresa pretende compensar seus débitos de ICMS para com o Estado, mediante uso de precatórios a débito do IPERGS, e que “isso não é viável”. Explicou que, “no presente caso, é o Estado o credor do tributo, mas não é o devedor do precatório oferecido para fins de compensação com o referido crédito tributário”.

Votaram de acordo com o relator o Desembargador Adão Sérgio do Nascimento, e o Juiz-Convocado Túlio de Oliveira Martins.

Matérias relacionadas

Agência condenada em R$ 75 mil por acidente que matou turista

A agência BR Sul Turismo foi condenada a pagar uma indenização por danos morais de R$ 75 mil a José Freire de Góis, que perdeu a esposa em um...

Idosa atingida por porta de ônibus será indenizada

A empresa de ônibus Rio Ita Ltda terá que pagar a uma idosa R$ 9 mil a título de indenização pelo fato de o motorista da empresa ter aberto a...

Autoridade fiscal pode quebrar sigilo mesmo sem autorização judicial

Não é necessária autorização judicial para instauração de processo administrativo com base em registros da CPMF. Com esse entendimento, a...

Contribuição previdenciária não incide sobre o auxílio-doença

A Buettner S/A Indústria e Comércio, de Santa Catarina, conseguiu rever no Superior Tribunal de Justiça (STJ) decisão de segunda instância que...

Negada liminar a acusado de violentar menina de 12 anos em Brasília

Daniel Wendt Menke, acusado de ter estuprado uma menina de 12 anos na Asa Norte, em Brasília (DF), permanecerá preso. O ministro Hamilton...

Trabalhador rural exposto a agentes químicos tem adicional de insalubridade

O trabalhador rural que trabalha exposto ao contato com agentes químicos e defensivos agrícolas tem direito ao adicional de insalubridade a partir...

Delimitada competência da JT em execução contra massa falida

A simples decretação de falência de uma empresa não afasta a competência da Justiça do Trabalho porque não são todos os processos que são...

Banco indenizará empregado demitido quando detinha estabilidade

A União de Bancos Brasileiros S/A (Unibanco) terá de indenizar um funcionário cuja demissão foi consumada apesar dele ter obtido o benefício de...

Adulteração de combustível leva posto à interdição

Posto deve ser interditado definitivamente por descumprir ordem judicial e voltar a comercializar combustível adulterado. A decisão é da 17ª...

Suspensa lei que indeniza vereadores por sessão extraordinária no recesso

O Desembargador Vasco Della Giustina, do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul, suspendeu liminarmente a Lei nº 1548/05, do Município de...

Temas relacionados

Julgados

Direito Tributário

Outras matérias

Todas as matérias organizadas por assunto


Central Jurídica

Todos os direitos reservados.

Proibida a reprodução total ou parcial sem autorização.

Política de Privacidade