Transporte interestadual ou internacional em vans pode ser autorizado

Notícias - Diversos - Quinta-feira, 5 de janeiro de 2006

A Câmara examina o Projeto de Lei 6083/05, do deputado Marcondes Gadelha (PSB-PB), que autoriza o fretamento de veículos com pelo menos oito lugares, como vans e microônibus, para transporte interestadual ou internacional de passageiros.

A Lei 10.233/01, que regulamenta o transporte terrestre e aquaviário, prevê que essa modalidade de serviço será exercida "em liberdade de preços dos serviços, tarifas e fretes, e em ambiente de livre e aberta competição". Entretanto, a Resolução 17/02 da Agência Nacional de Transportes Terrestres (Antt) só autoriza que esse tipo de fretamento seja feito com ônibus.

Gadelha afirma que a agência, com essa decisão, está afrontando princípios legais do sistema de transportes, como a liberdade de escolha dos usuários, a redução dos custos das passagens e a conservação de energia, por meio da redução do consumo de combustíveis. "Grupos menores de estudantes, turistas ou trabalhadores ficam impedidos de optar por um veículo mais apropriado às suas necessidades, tendo que se sujeitar a uma menor oferta de transportadores, a veículos superdimensionados e a preços mais elevados", protesta o deputado.

Ele afirma que a vedação aos microônibus e às vans prejudica principalmente as populações de conurbações (conjunto formado por uma cidade e seus subúrbios ou por cidades reunidas), como as que existem na faixa litorânea ao longo dos estados de Alagoas, Pernambuco, Paraíba e Rio Grande do Norte. Também são prejudicadas, segundo Gadelha, as populações das áreas de fronteira do Sul do País, onde há municípios com relacionamento estreito com localidades de países vizinhos.

O projeto será analisado em caráter conclusivo pelas comissões de Viação e Transportes; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Matérias relacionadas

Criança poderá viajar sem os pais com autorização e firma reconhecida

A Câmara analisa o Projeto de Lei 6081/05, do deputado Marcondes Gadelha (PSB-PB), que determina a necessidade de autorização com firma...

Renúncia pode não impedir processo por quebra de decoro

O Projeto de Resolução (PRC) 269/05, do deputado José Carlos Aleluia (PFL-BA), permite a abertura de processo disciplinar para averiguação de...

Sentença poderá ser ajustada se surgir nova prova

O Projeto de Lei 6079/05, da deputada Juíza Denise Frossard (PPS-RJ), permite que ações rescisórias para ajustar decisão judicial sobre direitos...

Quem estiver sofrendo ameaça poderá ter porte provisório de arma de fogo

A Câmara analisa o Projeto de Lei 6078/05, do deputado Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP), que define as condições para que a Polícia Federal conceda,...

Desempregado pode ter autorização para sacar saldo do PIS/Pasep

Tramita na Câmara o Projeto de Lei Complementar (PLP) 300/05, do deputado Nilton Baiano (PP-ES), que permite o saque dos saldos das contas...

Concessão do primeiro diploma poderá ser gratuita

A Câmara analisa o Projeto de Lei 6091/05, do deputado Eduardo Paes (PSDB-RJ), assegura a todos os alunos dos ensinos médio, técnico e superior a...

Jornada integral em escolas públicas pode ser incentivada

Tramita na Câmara o Projeto de Lei 6089/05, do deputado Alex Canziani (PTB-PR), que inclui a alimentação de alunos em regime de jornada integral...

Vale-transporte pode vir a ser pago em dinheiro

Tramita na Câmara o Projeto de Lei 6087/05, do deputado Alexandre Cardoso (PSB-RJ), que faculta o pagamento do vale-transporte em espécie. A...

Doença incapacitante pode dar direito a saque do FGTS

A Câmara analisa o Projeto de Lei 6086/05, do deputado João Batista (PP-SP), que autoriza os portadores de doenças incapacitantes e seus...

Mudam as regras para cópias reprográficas de processos do STJ

Para evitar diversos problemas com o andamento de processos, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) alterou as regras para obtenção de cópias...

Temas relacionados

Notícias

Diversos

Outras matérias

Todas as matérias organizadas por assunto


Central Jurídica

Todos os direitos reservados.

Proibida a reprodução total ou parcial sem autorização.

Política de Privacidade