Comissão aprova gerador de energia em casas de espetáculo

Notícias - Diversos - Sábado, 11 de junho de 2005

A Comissão de Desenvolvimento Urbano aprovou o substitutivo do deputado João Magno (PT-MG) ao Projeto de Lei 4537/04, que torna obrigatória a utilização de gerador de energia e luz de emergência em estabelecimentos que utilizem sonorização eletrônica e promovam apresentações ao vivo, como teatros, cinemas e casas de espetáculo.

O substituto determinou três mudanças no texto original do deputado Carlos Nader (PL-RJ). A primeira retira a Unidade Fiscal de Referência (Ufir) como índice para a aplicação de multas para os estabelecimentos que não obedecerem às normas previstas no projeto.

Magno lembra que a Ufir já foi extinta e por isso optou por uma pena no valor de R$ 500 por pessoa, calculada em função da capacidade do estabelecimento.

Além disso, o substitutivo estabeleceu o critério da punição gradativa para quem desrespeitar a lei. Assim, junto com a multa o infrator estará sujeito a advertência, interdição do estabelecimento por prazo de até 30 dias e, finalmente, a cassação do alvará de funcionamento.

Outra alteração estipula que o mesmo órgão municipal responsável pela concessão do alvará de funcionamento deverá fiscalizar a utilização do gerador e da luz de emergência.

O projeto tramita em caráter conclusivo e será analisado agora pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania

Matérias relacionadas

Crimes contra advogados podem vir a ter foro federal

Os crimes praticados contra advogados no exercício de suas funções podem passar para a competência da Justiça Federal. A mudança está prevista...

Em análise a isenção total de ICMS a jornais e livros

A Comissão de Finanças e Tributação está analisando, inclusive quanto ao mérito, o Projeto de Lei Complementar (PLP) 244/05, do Senado, que...

Fabricantes poderão ter de recolher medicamentos vencidos

As empresas farmacêuticas, laboratórios e fabricantes de remédios poderão ser obrigados a substituir os medicamentos existentes nas farmácias,...

Projeto exige cone de sinalização em veículos de carga

Os veículos de carga terão que portar cones reflexivos para sinalizar as vias quando houver queda de materiais que estejam transportando.

A...

SPC poderá ter prazo para excluir quem quitar débito

A Câmara vai analisar o Projeto de Lei 5271/05, que obriga os serviços de proteção ao crédito a retirarem de seus bancos de dados, no prazo de...

Projeto isenta eventos beneficentes de direitos autorais

A encenação de peças teatrais e a execução musical, quando realizadas com propósito beneficente por entidade sem fins lucrativos, serão...

Violência e sexo na TV podem ser proibidos antes das 21h

Desenhos e outros programas de TV exibidos até as 21 horas poderão ser proibidos de conter cenas que mostrem armas de fogo ou se refiram a elas e...

Projeto torna crime a exportação clandestina de água

Está em análise na Câmara o Projeto de Lei 5104/05, que torna crime a prática de hidropirataria, definida como a captação de água não...

Presença de advogado pode ser exigida em juizado especial

A assistência de um advogado será obrigatória nas causas propostas perante os Juizados Especiais Cíveis federais, estaduais e do Distrito...

Saúde poderá ter regra própria de responsabilidade fiscal

A Câmara analisa o Projeto de Lei Complementar 251/05, do deputado Roberto Gouveia (PT-SP), que permite que a União, os estados e o Distrito...

Temas relacionados

Notícias

Diversos

Outras matérias

Todas as matérias organizadas por assunto


Central Jurídica

Todos os direitos reservados.

Proibida a reprodução total ou parcial sem autorização.

Política de Privacidade