Vale-transporte poderá ter validade de 12 meses

Notícias - Diversos - Segunda-feira, 1 de agosto de 2005

Os vales-transporte poderão ter prazo de validade mínimo de 12 meses, não podendo ser recusados mesmo após o reajuste de tarifas pelas empresas de transporte. A proposta é do deputado Renato Casagrande (PSB-ES), que apresentou o Projeto de Lei 5611/05 para introduzir a medida na Lei 7418/85, que instituiu o vale-transporte.

De acordo com a Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos, metade dos passageiros pagantes nas capitais utilizam vales-transporte para pagar seus deslocamentos. E, mesmo que em 42% das cidades pesquisadas pela instituição o vale seja permanente, o restante divide-se em prazos inferiores a um ano.

Dessa forma, Renato Casagrande propôs a universalização do tratamento dado aos usuários, lembrando que o trabalhador que recebe o vale-transporte é descontado em 6% do seu salário base. ´Por que não se chegar a um meio termo, já que, via de regra, o trabalhador que recebe o conjunto de vales com 30 dias de validade acaba perdendo alguns`, indagou o deputado.

O projeto foi apensado ao PL 4620/94, já aprovado no Senado, que propõe a validade dos vales mesmo após o reajuste tarifário. Por se tratar de temas similares, eles seguirão juntos na análise na Câmara. O projeto mais antigo já está pronto para votação do Plenário, momento em que o mais novo também será analisado.

Matérias relacionadas

Quem trabalha sob ruído pode ter aposentadoria especial

Projeto de lei complementar (PLP 267/05) apresentado pelo deputado Manato (PDT-ES) concede aposentadoria especial a trabalhadores expostos a ruídos...

Classificação de filme poderá ganhar lugar visível em loja

As lojas que alugam ou vendem fitas de vídeo e DVD poderão ser obrigadas a exibir, em lugar visível, a idade recomendada para cada filme. Essa é...

Projeto prevê transparência na administração da CPMF

Os dados sobre a arrecadação e a aplicação da CPMF pela União serão divulgados no site da Secretaria do Tesouro Nacional (STN) se o Congresso...

Banco que demora a atender pode sofrer punição

A Comissão de Finanças e Tributação reúne-se na próxima quarta-feira (3) e poderá votar o Projeto de Lei 237/99, do deputado Ricardo Berzoini...

Contas de serviços podem ser impressas também em braile

A Câmara analisa o Projeto de Lei 5589/05, do deputado Carlos Nader (PL-RJ), que obriga o fornecimento das contas mensais dos serviços públicos de...

Prazo para indenização por seguradoras será votado

A Comissão de Defesa do Consumidor poderá votar na sua reunião de quarta-feira (3) o Projeto de Lei 46/03, do deputado Enio Bacci (PDT-RS), que...

Amazônia pode votar gratuidade de assistência jurídica

A Comissão da Amazônia, Integração Nacional e de Desenvolvimento Regional poderá votar o Projeto de Lei 713/03, do deputado Ary Vanazzi (PT-RS),...

Armas apreendidas podem ser doadas à polícia

Armas e munições apreendidas pela polícia poderão ser doadas aos órgãos estaduais de segurança pública, desde que não constituam prova em...

Empregado com estabilidade provisória demitido pode receber indenização

A Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público pode votar amanhã o Projeto de Lei 5722/01, da deputada Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM),...

Novas indústrias podem ser isentas de tributos federais

Para garantir maior capital de giro às empresas, o Projeto de Lei 5542/05, em tramitação na Câmara, prevê a suspensão e redução da cobrança...

Temas relacionados

Notícias

Diversos

Outras matérias

Todas as matérias organizadas por assunto


Central Jurídica

Todos os direitos reservados.

Proibida a reprodução total ou parcial sem autorização.

Política de Privacidade