Deputada cobra leis e normas atuais para reforma de pneus

Notícias - Direito Ambiental - Quinta-feira, 18 de agosto de 2005

Na audiência pública da Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática, a deputada Mariângela Duarte (PT-SP) avaliou que a tecnologia avançada, o crescimento das empresas e a economia gerada no País com o mercado de reforma de pneus mostram claramente a consolidação desse mercado e a responsabilidade da prestação de serviços no setor. ´O que falta é uma legislação mais atual, principalmente na parte ambiental, para acompanhar a tecnologia e o crescimento industrial`, disse.

Segundo a deputada, há uma dificuldade muito grande com os órgãos ambientais, que por legislação defasada e corpo técnico insuficiente, não acompanham o crescimento do mercado. ´Não estamos equipando o Estado para o avanço tecnológico`, lamentou.

A deputada frisou também a defasagem das normas que licenciam e fiscalizam as indústrias ´Não dá para esperarmos que uma resolução de 1980 normatize a realidade atual. O Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro) e o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), detentores de capacidade decisória, devem definir normas mais adequadas`.

O coordenador-geral de Controle e Qualidade Ambiental do Ibama, Márcio Rodrigues de Freitas, respondeu que toda a liberação de importações de pneus e demais licenças são realizadas via internet, como forma de desburocratizar o serviço do órgão. Segundo Márcio, o problema não está na área ambiental e em seu corpo técnico, mas na definição de soluções para gerar um aumento de pneus servíveis dentro do País para que a importação de pneus usados acabe.

´A reforma de pneus é necessária e queremos defender a prática. Mas o problema está na importação. Estamos cada vez mais aumentando nosso lixo de pneus inservíveis´, alertou.

Márcio destacou novamente a importância da inspeção veicular. ´Com a inspeção de veículos, proibimos a circulação de pneus muito usados nas vias, evitando acidentes, e também aumentamos o número de pneus passíveis de reforma`, disse.

Segundo o diretor-executivo da Associação Brasileira do Segmento de Reforma de Pneus (ABR), Germano Júlio Badi, há muita tecnologia sendo desenvolvida no ramo de pneus usados, mas ainda faltam incentivos ao setor de reciclagem.

Já o deputado Rubinelli (PT-SP) afirmou que as empresas de reforma não devem esperar apenas o apoio do governo federal. O deputado sugeriu a criação de um programa de reciclagem por meio da criação de parcerias entre as indústrias de reforma e de produção de pneus.

Matérias relacionadas

Comissão aprova mudanças no ISS de corretora de imóvel

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) aprovou o Projeto de Lei Complementar 285/02, do deputado Luiz Carlos Hauly (PSDB-PR),...

Pena para pedofilia na internet pode aumentar

A Comissão de Seguridade Social e Família analisa o Projeto de Lei 2575/03, do deputado Ronaldo Vasconcellos (PTB-MG), que aumenta a pena para o...

Propaganda pessoal pode ser proibida em horário do partido

A Câmara analisa o Projeto de Lei 5410/05, do deputado José Carlos Araújo (PL-BA), que altera a Lei dos Partidos Políticos (9096/95) para evitar...

Teto salarial deve respeitar direito adquirido

A fixação do teto salarial pode reduzir vencimentos de servidores que obtiveram o direito legal de recebê-los? A discussão é oportuna tendo em...

Estrangeiros que ajudam crianças podem ter concessão de visto permanente

A Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional aprovou o Projeto de Lei 283/03, da deputada Laura Carneiro (PFL-RJ), que permite a...

Oferta de vagas no ensino superior público do Brasil pode ser ampliada

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) aprovou a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 469/01, que amplia a oferta de...

Eleições e campanhas podem ter novas regras

O substitutivo ao projeto de lei que estabelece novas normas para as eleições, aprovado ontem pela Comissão de Constituição, Justiça e...

Cultura indígena pode ser incluída no currículo escolar

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) aprovou ontem o Projeto de Lei 433/03, da ex-deputada Mariângela Duarte, que inclui a...

Rejeitado incentivo para doação a universidade

A Comissão de Educação e Cultura rejeitou o Projeto de Lei 1488/03, do deputado Carlos Nader (PL-RJ), que dá desconto no Imposto de Renda e...

Comissão aprova adesão de oficinas mecânicas ao Simples

A Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio aprovou o Projeto de Lei 4576/04, do deputado Giacobo (PL-PR), que garante às...

Temas relacionados

Notícias

Direito Ambiental

Outras matérias

Todas as matérias organizadas por assunto


Central Jurídica

Todos os direitos reservados.

Proibida a reprodução total ou parcial sem autorização.

Política de Privacidade