Diciona

Restaurante condenado por vender lasanha com piaçava

Notícias - Dano Moral - Segunda-feira, 12 de Setembtro de 2005

A Turma Recursal dos Juizados Especiais Cíveis do Rio de Janeiro manteve sentença condenando o restaurante Planalto do Chopp, em Jacarepaguá, a pagar mil e duzentos reais de indenização por danos morais ao advogado Robison Gonçalves Gripp. A decisão foi unânime, acompanhando o voto do juiz relator Renato Lima Charnaux Sertã.

Em setembro do ano passado, Robison almoçava no restaurante com sua família, quando ao dar a terceira garfada em sua lazanha, encontrou um pedaço de piaçava (fibra empregada na fabricação de vassouras). Chamou o garçom, e disse que não iria pagar por sua refeição nem a de sua esposa. Segundo Robison, o Maître comentou: “assim é mole, o cara almoça e não paga nada. Se deu bem.”

O gerente explicou que o pedaço de piaçava era do esfregador utilizado para limpar as panelas. O restaurante se defendeu, dizendo que Robison prosseguiu com a refeição até o fim, e só ficou irritado quando lhe foi cobrado o valor do rodízio de sua esposa. Houve muita discussão e ambas as partes alegaram terem sofrido ofensas. No fim das contas, o cliente teve que pagar as bebidas. Robison não se conformou e recorreu à justiça, advogando em causa própria.






Todos os direitos reservados

Proibida a reprodução total ou parcial sem autorização

Política de Privacidade | Editorial | Contato