Preso com quase duas toneladas de droga tem liberdade negada

Notícias - Direito Penal - Sábado, 17 de setembro de 2005

A Quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou habeas-corpus a um homem preso em 2004, na Rodovia Castelo Branco, interior de São Paulo, quando transportava, em um ônibus de turismo, juntamente com outras oito pessoas, cerca de duas toneladas de maconha e haxixe. Márcio Francisco dos Santos foi denunciado pelos crimes de associação e tráfico ilícito de entorpecentes e está preso preventivamente na Cadeia Pública de Pinheiros.

Policiais civis de São Paulo abordaram o ônibus em um posto de combustível depois de receber uma denúncia anônima. Ele vinha de Foz do Iguaçu (PR) com destino à região central da cidade de São Paulo. Segundo apuração, a droga se destinava a abastecer a área conhecida como "cracolândia", na Estação da Luz. Santos foi identificado como condutor e proprietário do ônibus. Dentro do veículo, a droga estava espalhada pelo corredor e bancos.

Santos havia tentado o habeas-corpus no Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ/SP), mas o pedido foi negado. O preso sustentou no STJ que há excesso de prazo para o encerramento da instrução criminal e que a denegação do pedido em segunda instância não foi fundamentada, como rege o artigo 312 do Código de Processo Penal.

A relatora do processo, ministra Laurita Vaz, argumentou que a personalidade delitiva do denunciado, somada a condenações criminais já não mais passíveis de recursos, além de fugas em estabelecimentos prisionais, demonstram a impossibilidade da liberdade provisória. Para a ministra, a complexidade do crime, bem como a quantidade de réus envolvidos e presos em comarcas diversas, explica o tempo decorrido para a instrução. O entendimento foi seguido por unanimidade pelos demais membros da Quinta Turma que participaram do julgamento.

Matérias relacionadas

Ministro Edson Vidigal, Presidente do STJ, repudia matéria da revista Veja

Presidente do STJ é flagrado em relações suspeitas. Com esse título, a VEJA desta semana publica matéria...

Imposto de produto veterinário pode sofrer alteração

A Comissão de Finanças e Tributação aprovou o substitutivo do deputado Francisco Dornelles (PP-RJ) ao Projeto de Lei 2591/03, de autoria do...

Fiscalização pode apurar transposição do São Francisco

A Comissão de Fiscalização Financeira e Controle analisa a Proposta de Fiscalização e Controle 82/05, do deputado Leonardo Mattos (PV-MG), que...

Propaganda eleitoral na internet pode ter regulamentação

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) aprovou o Projeto de Lei 2358/00, do deputado Nelson Proença (PPS-RS), que regulamenta...

Seminário discutirá combate à pirataria

Na próxima semana (dias 27, 28 e 29), a Câmara realizará o 1º Seminário de Combate à Pirataria e a 2ª Mostra de Ações contra a Pirataria e...

Autoridades poderão ter preferência em aviões

A Câmara analisa o Projeto de Lei 5719/05, do deputado Paulo Lima (PMDB-SP), que obriga as empresas aéreas a reservarem cinco assentos para...

Acordo com Uruguai combate tráfego de aeronaves ilegais

A Comissão Parlamentar Conjunta do Mercosul aprovou na semana passada a Mensagem 160/05, do Poder Executivo, que encaminha ao Congresso o texto de...

Corretor de imóvel pode vir a comprar carro sem IPI

Os automóveis adquiridos por corretores de imóveis poderão ficar isentos do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI). É o que determina o...

Proteção do patrimônio público pode ser reforçada

O Projeto de Lei Complementar (PLP) 287/05, da deputada Selma Schons (PT-PR), determina que a posse, a exoneração e a demissão de administradores...

Projeto determina assinatura de contador em conta pública

O Projeto de Lei Complementar 283/05, do deputado Milton Cardias (PTB-RS), altera a Lei de Responsabilidade Fiscal para determinar que qualquer...

Temas relacionados

Notícias

Direito Penal

Outras matérias

Todas as matérias organizadas por assunto


Central Jurídica

Todos os direitos reservados.

Proibida a reprodução total ou parcial sem autorização.

Política de Privacidade