Emenda Constitucional permite a deputados e senadores serem donos de TV

Notícias - Direito Constitucional - Quarta-feira, 5 de outubro de 2005

Deputados e senadores poderão ser proprietários de empresa jornalística e de rádio e TV, caso seja aprovada a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 453/05. A proposta, apresentada pelo deputado Alceste Almeida (PMDB-RR), altera o artigo 222 da Constituição para garantir essa possibilidade.

O artigo 222 determina quem pode ser proprietário de empresas de rádio e televisão. Esse artigo também especifica que 70% do capital dessas empresas devem ser restritos a brasileiros natos ou naturalizados há mais de dez anos, ou a pessoas jurídicas com sede no País. A proposta de Alceste Almeida inclui o parágrafo 6º ao artigo 222 para afirmar que este artigo não se aplica ao que determina o artigo 54 da Constituição, que trata das obrigações de deputados e senadores.

O artigo 54 estabelece que deputados e senadores não podem ser proprietários de empresas concessionárias de serviço público desde a expedição do diploma no cargo.

Para o deputado Alceste Almeida, hoje em dia há transparência na concessão. "O processo é totalmente acessível a qualquer cidadão. As normas que regem o acesso impedem qualquer possibilidade de existir algum tipo de dúvida ou privilégio", considera.

A proposta será analisada pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania, onde foi designado como relator o deputado Almir Moura (PMDB-RJ). Se a sua admissibilidade for aprovada, a PEC passará a ser analisada por uma comissão especial.

Matérias relacionadas

Garantia de emprego e renda para jovem é debatida em audiência

A comissão especial que analisa a proposta do Plano Nacional da Juventude realiza audiência pública para discutir o tema "Emancipação Juvenil -...

Comissão analisa quarentena para ex-dirigentes públicos

A Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público analisa o projeto de lei que regulamenta o dispositivo constitucional que prevê o...

Projeto reduz custos de campanhas eleitorais

Tramita na Câmara o Projeto de Lei 5855/05, do Senado, que reduz os custos de campanhas eleitorais, diminui o período de propaganda política...

Lei de Responsabilidade Fiscal pode estabelecer limite para gastos com juros

A Comissão de Finanças e Tributação analisa o Projeto de Lei Complementar 37/03, que altera a Lei de Responsabilidade Fiscal, fixando o...

Brasil tem 881 cursos de Direito e precisa freio urgente - Entrevista

O Brasil já conta atualmente com 881 cursos de Direito autorizados a funcionar, o que comprova o acerto da Ordem dos Advogados do Brasil na defesa...

Caixa rápido para transações bancárias sofre rejeição

A Comissão de Defesa do Consumidor rejeitou o Projeto de Lei 3929/04, do deputado Clóvis Fecury (PFL-MA), que prevê a instalação de guichês...

Greenpeace reivindica rótulo de óleo com soja transgênica

Manifestantes da organização não-governamental Greenpeace estiveram na Câmara para reivindicar a rotulagem especial de embalagens de óleos de...

Implantação de TV Digital no País será debatida por Comissão

O ministro das Comunicações, Hélio Costa, será convidado pela Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática para explicar aos...

Incentivo à preservação de florestas sofre rejeição

A Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural rejeitou ontem o Projeto de Lei 623/99, do deputado Ricardo Izar...

Inversão da prova em favor do consumidor pode ser obrigatória

A Comissão de Defesa do Consumidor aprovou o Projeto de Lei 5173/05, do deputado Celso Russomanno (PP-SP), que altera o Código de Defesa do...

Temas relacionados

Notícias

Direito Constitucional

Outras matérias

Todas as matérias organizadas por assunto


Central Jurídica

Todos os direitos reservados.

Proibida a reprodução total ou parcial sem autorização.

Política de Privacidade