Suspenso levantamento de quantia penhorada até julgamento de embargos

Julgados - Direito Processual Civil - Sexta-feira, 21 de outubro de 2005

O Banco Bradesco S/A obteve a sustação de levantamento de quantia penhorada em execução proposta pelo Município de São Leopoldo. A sustação deverá vigorar até o julgamento de embargos de devedor interpostos pela instituição financeira, questionando a ilegalidade da cobrança de ISS sobre arrendamento mercantil. A decisão, em recurso de Agravo de Instrumento, é da 21ª Câmara Cível do TJRS.

“O que está em discussão é a possibilidade de suspensão de um ato executivo que pode acarretar dano irreparável a uma das partes do processo”, ponderou o Desembargador Marco Aurélio Heinz. O relator do recurso anteviu prejuízo irreparável para o banco, se efetuado o levantamento do numerário.

“Caso haja provimento do recurso de apelação, o devedor embargante se sujeitará ao calvário do precatório para haver a devolução do valor recebido pelo Município”, analisou. “Por outro lado, não há qualquer risco para o credor, porque a quantia encontra-se à sua disposição, logo que seja julgado o recurso, em caso de desprovimento.”

Votaram no mesmo sentido os Desembargadores Marco Aurélio Heinz e Liselena Schifino Robles Ribeiro.

Matérias relacionadas

Banco condenado a indenizar por clonagem de cartão

Por unanimidade, a 16ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul manteve a condenação do Banrisul a indenizar o dano material...

Cooperativa médica condenada a pagar a colocação de stent

Uma cooperativa médica de Belo Horizonte foi condenada pela 13ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Minas Gerais a cobrir uma cirurgia...

Passageiro ganha ação contra CBTU por lesão em acidente de trem

A juíza da 42ª Vara Cível do Rio, Maria Helena Pinto Machado, condenou a Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) a pagar R$ 8 mil por danos...

Ex-prefeito será julgado na Justiça Federal por superfaturar merenda escolar

O processo contra o ex-prefeito de Curitiba (PR) Cássio Taniguchi que investiga suposto superfaturamento em licitação de merenda escolar será...

Empresa deve pagar danos morais à família de vítima atropelada em ponte

A Rio Ita Ltda. terá de pagar indenização por danos morais à mãe e à irmã de uma vítima atropelada por um motorista da empresa na ponte Rio...

Rio de Janeiro condenado por danos morais causados por reboque

O município do Rio de Janeiro pagará danos morais a motorista que teve seu carro rebocado mesmo estando estacionado regularmente. A decisão é da...

Queixa é necessária para ação penal em crime de trânsito

Está suspenso devido a pedido de vista o julgamento na Sexta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) de um recurso em habeas-corpus em que se...

Assegurada reintegração a servidor municipal concursado

A Primeira Turma do Tribunal Superior do Trabalho garantiu a um servidor público municipal regido pela CLT e aprovado em concurso público o direito...

Adesão à PDV não afasta direito sobre verbas não descritas

A adesão do trabalhador a programa de incentivo à demissão voluntária (PDV) que prevê, de forma genérica, a quitação total do contrato de...

Consulado do Japão não tem imunidade de jurisdição

A apreciação de ação trabalhista envolvendo ente de direito público externo está inserida na competência da Justiça do Trabalho, e a...

Temas relacionados

Julgados

Direito Processual Civil

Outras matérias

Todas as matérias organizadas por assunto


Central Jurídica

Todos os direitos reservados.

Proibida a reprodução total ou parcial sem autorização.

Política de Privacidade