Mães adotivas podem ter pausas no trabalho

Notícias - Direito do Trabalho - Quinta-feira, 27 de outubro de 2005

A Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público aprovou ontem o Projeto de Lei 5196/05, que concede às mães adotivas duas pausas durante o dia de trabalho, de meia hora cada uma, para amamentar e cuidar dos seus filhos até que eles completem seis meses de idade. As pausas de amamentação já estão previstas para as mães naturais, conforme a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

A autora da proposta, deputada Laura Carneiro (PFL-RJ), acrescentou o termo "cuidar" para garantir às mães, naturais e adotivas, não só o tempo de amamentação, mas também o tempo de dar atenção ao filho pequeno. Para ela, a concessão desse benefício deve se fundamentar nos cuidados que devem ser dispensados à criança, que, ressalta, não se restringem ao aleitamento.

Para a relatora do projeto na comissão, deputada Ann Pontes (PMDB-PA), a medida é justa, "pois tanto a criança natural quanto a adotada necessitam dos mesmos cuidados e têm pela Constituição Federal os mesmo direitos e reconhecimentos".

O texto, que tramita em caráter conclusivo, já foi aprovado pela Comissão de Seguridade Social e Família. A proposta segue agora para análise da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Matérias relacionadas

Conselho aprova Sistema Único de Cálculo da Justiça do Trabalho

O Conselho Superior da Justiça do Trabalho aprovou resolução na qual se cria o Sistema Único de Cálculo que possibilitará a uniformização na...

Juiz condena empresa de telefonia por cobrança indevida

O juiz da 6ª Vara Cível de Belo Horizonte, Amauri Pinto Ferreira, declarou inexistentes os débitos que uma empresa de telefonia cobrava de uma...

Contratações no campo podem ser facilitadas

A Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público aprovou a criação de consórcios de empregadores rurais e contratos coletivos de...

Campanha para encontrar criança desaparecida pode ser obrigatória

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) aprovou o substitutivo apresentado pela deputada Sandra Rosado (PSB-RN) ao Projeto de...

Comissão vota proposta sobre folgas para trabalhadores

A Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público analisa o Projeto de Lei 5526/05, da deputada Fátima Bezerra (PT-RN), que permite ao...

Adaptação de ônibus a deficientes pode ser incentivada

A Comissão de Seguridade Social e Família aprovou o Projeto de Lei 1602/03, do deputado Leonardo Mattos (PV-MG), que condiciona os financiamentos e...

Profissão de salva-vidas pode ser reconhecida

A Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público aprovou o reconhecimento da profissão de salva-vidas. O texto aprovado foi o...

Câmara aprova autenticação de documentos por advogados

A Câmara aprovou o Projeto de Lei 4730/04, do Poder Executivo, segundo o qual a autenticidade de documentos apresentados como prova em processo...

Seguridade aprova fim do castigo corporal de criança

A Comissão de Seguridade Social e Família aprovou o Projeto de Lei 2654/03, da deputada Maria do Rosário (PT-RS), que garante à criança e ao...

Capacete de motociclista poderá ter faixa reflexiva

A Câmara analisa o Projeto de Lei 5723/05, do deputado Antonio Carlos Mendes Thame (PSDB-SP), que obriga a fixação de faixas reflexivas nos...

Temas relacionados

Notícias

Direito do Trabalho

Outras matérias

Todas as matérias organizadas por assunto


Central Jurídica

Todos os direitos reservados.

Proibida a reprodução total ou parcial sem autorização.

Política de Privacidade