Quem vender gasolina adulterada poderá ter registro cassado

Notícias - Direito do Consumidor - Sábado, 18 de junho de 2005

Os estabelecimentos que comercializarem combustíveis adulterados podem perder o Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ) e o do registro da empresa na Agência Nacional de Petróleo (ANP). A cassação foi proposta pelo deputado Celso Russomanno (PP-SP) por meio do Projeto de Lei 5178/05.

O parlamentar lembra que o comércio de combustível adulterado prejudica o consumidor e causa evasão fiscal criando uma concorrência desleal com os contribuintes que desenvolvem regularmente suas atividades.

Russomano acredita que, com a medida proposta, será possível fechar o cerco contra os fraudadores, que tantos prejuízos têm trazido para o setor da indústria nacional do petróleo e para o País como um todo.

A adulteração de combustíveis já foi investigada por uma comissão parlamentar de inquérito em 2003. O relatório final da CPI estima que o Brasil tenha 13 refinarias, 240 distribuidoras em operação e 30 mil postos de revenda de combustíveis espalhados por todo território nacional.

O parecer destaca a importância da reformulação da ANP para ampliar a eficiência da fiscalização do setor.

O projeto tramita em caráter conclusivo e será analisado pelas comissões de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio; de Minas e Energia e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Matérias relacionadas

Direito de inversão do ônus da prova pode ser ampliado

A Câmara analisa o Projeto de Lei 5173/05, do deputado Celso Russomanno (PP-SP), que autoriza a inversão do ônus da prova em favor do consumidor,...

Projeto concede isenção de visto entre Brasil e Honduras

Os cidadãos do Brasil e de Honduras que possuam passaporte comum ficarão parcialmente isentos da obrigação de visto em viagens entre os dois...

Projeto prevê instalação de telefones para surdos

Os portadores de deficiências auditivas poderão fazer uso de telefones públicos especiais caso seja aprovado o Projeto de Lei 5264/05, do deputado...

Audiência vai debater venda irregular de avestruzes

A Comissão de Defesa do Consumidor vai realizar audiência pública para discutir e esclarecer práticas irregulares na comercialização de...

Projeto obriga banco a oferecer banheiro e bebedouro

Agências bancárias em todo o território nacional serão obrigadas a oferecer banheiros e bebedouros aos usuários, caso seja aprovado o Projeto de...

Professor de escola pública poderá ter reserva para pós

As universidades públicas federais poderão ser obrigadas a reservar 30% das vagas dos cursos de mestrado e doutorado na área de educação para...

Comissão aprova imposto máximo para quem incitar violência

A Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado aprovou na quarta-feira (15) o Projeto de Lei 2332/03, do Senado, que acaba com...

Beneficiários da justiça gratuita é isento de multa antecipada

Os beneficiários da justiça gratuita estão dispensados do pagamento prévio da multa estabelecida pela legislação em caso de uso de recurso...

Convênio entre TST e Receita tornará execução mais rápida

A Justiça do Trabalho deu um passo importante no aperfeiçoamento da execução dos débitos trabalhistas para tornar mais rápida a solução de...

Ministério do Trabalho estima criação de um sindicato por dia

Uma média de um sindicato surge no País a cada dia. No total, existem hoje cerca de 24 mil entidades sindicais, de trabalhadores e...

Temas relacionados

Notícias

Direito do Consumidor

Outras matérias

Todas as matérias organizadas por assunto


Central Jurídica

Todos os direitos reservados.

Proibida a reprodução total ou parcial sem autorização.

Política de Privacidade