Cores da bandeira em uniformes de seleções podem ser obrigatórias

Notícias - Diversos - Quinta-feira, 23 de junho de 2005

A Comissão de Turismo e Desporto aprovou ontem o Projeto de Lei 4903/05, da deputada Maninha (PT-DF), que determina as cores dos uniformes de atletas que representem o País em torneios internacionais.

Pelo texto, somente poderão ser usados uniformes confeccionados com as cores da bandeira brasileira: verde, amarelo, azul e branco.

A proposta foi elaborada depois que os meios de comunicação divulgaram, em fevereiro, que a seleção brasileira masculina de vôlei usaria uniforme com as cores preto e dourado e a feminina vestiria a cor rosa.

O objetivo da autora é evitar que patrocinadores imponham suas próprias cores aos uniformes de atletas e de equipes como forma de promover seus produtos.

Na opinião do relator da proposta, deputado Gilmar Machado (PT-MG), os atletas e seleções são beneficiados em função da ´marca Brasil`, seja pelo patrocínio do Estado, pelo acesso a programas governamentais ou pela atração de patrocinadores privados.

A busca por patrocínio esportivo é positiva, pois contribui para o desenvolvimento do esporte e a manutenção de seleções permanentes. Porém, um patrocinador brasileiro não pode substituir as cores que identificam o País, defendeu o relator.

Machado afirmou ainda ser injustificável gastar dinheiro público com seleções que não utilizam as cores da bandeira.

O projeto, que tramita em caráter conclusivo, será também analisado pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Matérias relacionadas

Câmara aprova divulgação de classificação em vestibular

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) aprovou hoje, em caráter conclusivo, o Projeto de Lei 3195/04, do deputado Lobbe Neto...

Importação de pneu usado poderá ser proibida

Tramita na Câmara o Projeto de Lei 5231/05, que proíbe a importação de pneus usados, em carcaça, recauchutados, recapados ou...

Projeto evita trocas de partidos

A reforma política avançou um pouco mais nesta manhã, quando a Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania aprovou o Projeto de...

Genérico e remédio de referência podem ter caixa similar

O Projeto de Lei 5356/05, do deputado Roberto Gouveia (PT-SP), permite que as embalagens de medicamentos de referência (de marca) sejam semelhantes...

Cartão odontológico pode ser exigido para matrícula em escola

A Câmara analisa o Projeto de Lei 5355/05, da deputada Ana Alencar (PL-TO), que cria o cartão odontológico preventivo e exige sua apresentação...

Turma Nacional de Uniformização publica três questões de ordem

Na Turma Nacional de Uniformização de Jurisprudência dos Juizados Especiais Federais foram publicadas três questões de ordem na última sexta...

Publicadas súmulas da Turma Nacional dos Juizados Especiais Federais

Publicadas no Diário da Justiça as súmulas n. 25, 26 e 27 da Turma Nacional de Uniformização da Jurisprudência dos Juizados Especiais Federais,...

Trabalhadores poderão realizar exames clínicos anuais

Empresas com mais de dez empregados poderão ser obrigadas a submeter seus funcionários a exames clínicos anuais se aprovado o Projeto de Lei...

Desconto em folha para aposentado pode ser limitado

A Câmara analisa o Projeto de Lei 5281/05, que limita em 15% o percentual que poderá ser descontado em folha de pagamento do benefício de...

Prazo na citação de promotor e defensor pode ser limitado

A Câmara analisa o Projeto de Lei 5366/05, do deputado Eduardo Gomes (PSDB-TO), que fixa a data de início da contagem de prazos processuais nos...

Temas relacionados

Notícias

Diversos

Outras matérias

Todas as matérias organizadas por assunto


Central Jurídica

Todos os direitos reservados.

Proibida a reprodução total ou parcial sem autorização.

Política de Privacidade