Gasto público pode ter divulgação em tempo real

Notícias - Direito Administrativo - Terça-feira, 8 de novembro de 2005

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) aprovou o Projeto de Lei Complementar 217/04, do Senado, que determina a divulgação em tempo real de todos os dados referentes ao orçamento, como despesas, receitas e transferências, da União, de estados e de municípios. A votação seguiu recomendação da relatora, deputada Sandra Rosado (PSB-RN).

O projeto determina que o poder público realizará audiências acessíveis à população durante o processo de elaboração de todas as leis referentes ao sistema orçamentário, como o plano plurianual (PPA) e a lei de diretrizes orçamentárias (LDO).

A proposição abre a partidos políticos, sindicatos, associações e pessoas físicas o direito de denunciar aos tribunais de contas a não-disponibilização dos dados do orçamento.

A proposta define ainda o prazo que os órgãos federais, estaduais e municipais terão para liberar os dados na internet.

Municípios com até 50 mil habitantes terão quatro anos para oferecer o acesso. Para cidades de 50 mil a 100 mil moradores, o prazo será de dois anos. Quando a população for superior a 100 mil, o prazo do município será de um ano, o mesmo dado aos estados, ao Distrito Federal e à União.

O projeto, que já foi aprovado pela Comissão de Finanças e Tributação, segue agora para análise do Plenário.

Matérias relacionadas

Aprovada cobrança por ponto extra de TV por assinatura

O Conselho de Comunicação Social aprovou parecer do conselheiro Gilberto Carlos Leifert que reconhece a legalidade da cobrança do ponto adicional...

Comissão analisa projeto que autoriza falta ao trabalho

A Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público analisa o Projeto de Lei 5526/05, da deputada Fátima Bezerra (PT-RN), que permite ao...

Pena para crime de seqüestro pode ser aumentada

A Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional analisa o Projeto de Lei 148/03, do deputado Alberto Fraga (PFL-DF), que altera o Código...

Comissão quer ouvir ministro sobre mudanças no INSS

A Comissão de Fiscalização Financeira e Controle vai convidar o ministro da Previdência e Assistência Social, Nelson Machado, para esclarecer as...

Ministro anuncia TV digital aberta com tecnologia nacional

A primeira experiência de transmissão de TV digital aberta no Brasil poderá acontecer no ano que vem, nos jogos da Copa do Mundo de futebol. A...

Reforma processual trabalhista pode ser votada no dia 16

O ministro do Tribunal Superior do Trabalho (TST) Ives Gandra declarou hoje que, por ano, o tribunal recebe 130 mil processos, mas só consegue...

Idosos podem ser beneficiados por nova lei que altera o Estatuto do Idoso

A Comissão de Legislação Participativa analisa, entre outras propostas, sugestão de projeto de lei apresentada pelo Conselho de Defesa Social de...

Legislação sobre microempresa pode ter mudanças

A Comissão Especial da Microempresa realiza audiência pública para avaliar mudanças na legislação referente às micro e pequenas...

Visto de entrada para croatas pode ser insento para incentivar turismo

A Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional aprovou acordo entre os governos do Brasil e da Croácia para isenção de vistos de...

Instituições religiosas podem ter dedução de Imposto de Renda

A Comissão de Finanças e Tributação aprovou autorização às instituições religiosas para deduzirem as doações recebidas do Imposto de Renda...

Temas relacionados

Notícias

Direito Administrativo

Outras matérias

Todas as matérias organizadas por assunto


Central Jurídica

Todos os direitos reservados.

Proibida a reprodução total ou parcial sem autorização.

Política de Privacidade