Em processo de falência, perito pode vir a ter prioridade no pagamento

Notícias - Direito Processual Civil - Sexta-feira, 11 de novembro de 2005

O Projeto de Lei 5828/05, em tramitação na Câmara, determina que seja prioritário o pagamento dos serviços de peritos que atuarem na análise da massa falida de empresas. Segundo o autor do projeto, deputado André Zacharow (PSB-PR), a demora na execução dos processos de falência faz com que, na maioria das vezes, o perito receba seus honorários até dez anos depois de prestado o serviço de análise da massa falida. Além disso, explica o deputado, há casos de execução de falências que nunca terminam.

Conforme a proposta, que altera a Lei de Falências (11101/05), a Justiça do Trabalho ficará com a obrigação de determinar, ao juízo de falência, o pagamento do serviço. O crédito deverá ser depositado na conta do perito sem cobrança dos custas.

Zacharow defende que o ofício determinando o pagamento seja expedido diretamente ao juízo de falência, para que o perito não fique obrigado a contratar advogado ou a pagar custas quando ele nem recebeu seu pagamento ainda. "O aprimoramento da nova lei evitará que haja uma desmotivação do profissional perito ao ver a habilitação de seu crédito preterida", argumenta o deputado.

O texto, que tramita em caráter conclusivo, está em análise na Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio e tem o deputado Joaquim Francisco (PTB-PE) como relator. Depois, segue para avaliação de mérito e de constitucionalidade na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Matérias relacionadas

Policiais civis e militares podem ter exame toxicológico periódicos

Os policiais civis e militares poderão ser obrigados a fazer exames clínicos periódicos para detectar a presença no organismo de substâncias...

Indenização a investidor da Avestruz Master é discutida em comissão

A Comissão de Defesa do Consumidor entrará com representação na Procuradoria-Geral da República para garantir a devolução do dinheiro dos...

Anatel garante novas regras para telefonia fixa

O presidente interino da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), Plínio Aguiar Júnior, afirmou há pouco que o regulamento necessário...

Câmara aprova avaliação periódica das escolas privadas

A Câmara aprovou o Projeto de Lei 4927/01, do deputado Ivan Valente (Psol-SP), que exige avaliação periódica, pelo poder público, de qualidade...

Idoso pode ter preferência na restituição do Imposto de Renda

A Comissão de Seguridade Social e Família aprovou o Projeto de Lei 5302/05, do Senado, que altera o Estatuto do Idoso para dar prioridade aos...

Brasil e Uruguai podem ter acordo de segurança

Acordo de cooperação entre Brasil e Uruguai para combater o tráfego de aeronaves envolvidas em atividades ilícitas foi aprovado pela Comissão de...

Contas de água e luz poderão ter mensagens de conscientização

A Comissão de Minas e Energia aprovou um texto substitutivo ao Projeto de Lei (PL) 5183/05, que obriga as concessionárias de água e eletricidade a...

Quem contratar menor de 21 ou maior de 45 pode ter dedução do IR

A Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público analisa o Projeto de Lei 1530/03, do deputado André de Paula (PFL-PE), que concede...

Plenário pode votar fim da verticalização nas eleições

O fim da verticalização das coligações partidárias é o principal item da pauta do Plenário a partir desta quarta-feira (16), com a análise da...

Estudante inadimplente pode ter benefício

A Comissão de Educação e Cultura reúne-se nesta quarta-feira para analisar, entre outras matérias, o Projeto de Lei 610/03, do deputado José...

Temas relacionados

Notícias

Direito Processual Civil

Outras matérias

Todas as matérias organizadas por assunto


Central Jurídica

Todos os direitos reservados.

Proibida a reprodução total ou parcial sem autorização.

Política de Privacidade