Deputado pode ser obrigado a trazer testemunha para depor

Notícias - Direito Administrativo - Sexta-feira, 2 de dezembro de 2005

O presidente do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar, deputado Ricardo Izar (PTB-SP), informou que vai apresentar uma resolução ao conselho para que os deputados que respondam a processo por quebra de decoro parlamentar também tenham a responsabilidade de trazer suas testemunhas de defesa para depor.

Izar explicou que, pelas regras atuais, o conselho pode apenas convidar as testemunhas arroladas pela defesa. "Em alguns processos, 80% não chegam nem a responder os convites, o que acaba gerando atrasos na condução do processo."

Com a resolução, o conselho pretende obrigar o deputado processado a trazer suas testemunhas no prazo de 72 horas a partir do convite. Se a testemunha não responder, ela ficará dispensada definitivamente de comparecer e o processo poderá seguir normalmente, sem atraso. Izar disse que essa solução já é adotada pela Justiça Militar e surgiu como idéia para ser adotada também no conselho durante conversa que teve ontem com o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Nelson Jobim.

Com a medida, Izar espera evitar os freqüentes recursos judiciais dos deputados "para atrasar o trâmite do processo de cassação". Ele lembrou que o deputado José Dirceu (PT-SP) atrasou o processo por 43 dias. O presidente do conselho, porém, acredita que todas as possibilidades de nulidade do processo já estão superadas e que essas ações de Dirceu não devem atrasar o julgamento dos outros deputados. Izar espera concluir quatro processos até 20 de dezembro. O próximo será o do deputado Romeu Queiroz (PTB-MG).

Matérias relacionadas

Plenário aprova acordo de turismo com a Croácia

O Plenário aprovou o Projeto de Decreto Legislativo 1625/02, relativo ao Acordo de Cooperação na Área de Turismo entre o Brasil e a Croácia,...

Aprovada no Plenário a ratificação de 20 acordos internacionais

O Plenário da Câmara aprovou projetos de decreto legislativo (PDCs) para a homologação de diversos acordos e tratados internacionais envolvendo...

Brasil e Índia podem ter acordo militar

A Comissão de Finanças e Tributação aprovou o Projeto de Decreto Legislativo 1393/04, da Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional,...

Vestibulares das universidades federais podem ocorrer no mesmo dia

Tramita na Câmara o Projeto de Lei 6018/05, do deputado Leodegar Tiscoski (PP-SC), que unifica as datas dos vestibulares das universidades federais....

Câmara receberá proposta de Código de Defesa do Eleitor

O presidente da Câmara, Aldo Rebelo, receberá o anteprojeto para a instituição de um Código de Defesa do Eleitor, formulado pelo Pensamento...

Embalagens de remédios podem ter mudança

A Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio aprovou o Projeto de Lei 530/03, do deputado Carlos Nader (PL-RJ), que cria normas...

Exercício da função de jurado pode trazer direitos e vantagens

A Comissão de Educação e Cultura aprovou o Projeto de Lei 4714/04, apresentado pela Comissão de Legislação Participativa, que estabelece...

Uniformes de escolas públicas poderão ter patrocínio de empresas

O Projeto de Lei 5675/05, que dá às empresas privadas a permissão de patrocinar a compra de uniformes para escolas públicas, foi aprovado pela...

Deficiente pode ser isento de taxa de renovação da CNH

O Projeto de Lei 5978/05, do deputado Carlos Nader (PL-RJ), isenta os portadores de deficiência física do pagamento das taxas de renovação da...

Tecnologia de restrição em transgênicos pode ser permitida

A Câmara analisa o Projeto de Lei 5964/05, da deputada Kátia Abreu (PFL-TO), que autoriza a utilização de tecnologia genética de restrição de...

Temas relacionados

Notícias

Direito Administrativo

Outras matérias

Todas as matérias organizadas por assunto


Central Jurídica

Todos os direitos reservados.

Proibida a reprodução total ou parcial sem autorização.

Política de Privacidade