Diciona

Estônia terá votação municipal pela internet

Notícias - Direito Internacional - Domingo, 15 de Maio de 2005

A partir de outubro, eleitores da Estônia poderão votar sem sair de casa. Uma lei aprovada na quinta-feira (12/05) permitirá o uso da internet nas eleições municipais de Tallinn, capital do país báltico.

Tudo o que os eleitores precisarão será um cartão de identificação, um leitor eletrônico para o cartão e acesso à internet. Este é o primeiro passo para a implementação do sistema em todo o país, já a partir das eleições parlamentares de 2007.

Estima-se que, dos 1,4 milhões de habitantes do país, pouco mais de um milhão já possuam cartões eletrônicos de identificação, bem como leitores acoplados ao computador doméstico. Lançado em 2002 pelo governo da Estônia, o cartão possui pequenos microchips com dados pessoais e uma assinatura eletrônica segura.

Atualmente, a internet é utilizada para decisões locais referentes a impostos no Reino Unido e referendos municipais na Suíça. Já o Pentágono, nos Estados Unidos, desenvolveu no ano passado um programa piloto permitindo que pouco mais de cem mil militares servindo no exterior pudessem votar remotamente nas eleições presidenciais.






Todos os direitos reservados

Proibida a reprodução total ou parcial sem autorização

Política de Privacidade | Editorial | Contato