Vítima de violência em casa pode ter atendimento especial

Notícias - Direito Penal - Segunda-feira, 4 de julho de 2005

A Câmara vai analisar o Projeto de Lei 5335/05, do deputado Carlos Nader (PL-RJ), que cria o programa especial de atendimento às mulheres vítimas de violência doméstica.

O projeto beneficia mulheres submetidas a espancamento físico, opressão moral ou psicológica, cárcere privado ou estupro praticados pelo marido ou companheiro.

Carlos Nader lembra que muitas esposas e companheiras evitam denunciar as agressões por dependerem financeiramente do marido ou companheiro agressor. ´Por isso, é necessário criar mecanismos para garantir emprego e renda às mulheres em situação de opressão física e psicossocial`, explica.

De acordo com o projeto, o Poder Executivo será obrigado a atender as mulheres com as seguintes providências:

- reserva de até 10% das vagas anuais para cursos de capacitação e qualificação profissional sob sua administração, ou das instituições de treinamento conveniadas;
- reserva de até 10% dos encaminhamentos mensais para as vagas de empregos formais oferecidas pelas empresas; e
- oferta de treinamento e linhas de créditos, por meio de consultorias especializadas conveniadas, na montagem de micronegócios formais ou informais.

Para requerer assistência, as vítimas deverão apresentar boletim de ocorrência policial ou certidão de acompanhamento psicológico por parte de entidades públicas.

O projeto, que tramita em caráter conclusivo, será analisado pelas comissões de Seguridade Social e Família; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Matérias relacionadas

Projeto limita uso de chumbo em tintas

A Câmara analisa o Projeto de Lei 5334/05, do deputado José Roberto Arruda (PFL-DF), que fixa em 0,06% a quantidade máxima de chumbo permitida na...

Condomínio poderá ser obrigado a indenizar veículo furtado

Os condomínios poderão ser obrigados a indenizar moradores que tiverem carros, motos ou bicicletas furtados na garagem ou no estacionamento interno...

SUS pode ser obrigado a fazer cirurgia de simpatectomia

Tramita na Câmara o Projeto de Lei 5276/05, de Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM), que obriga o Sistema Único de Saúde (SUS) a realizar a cirurgia de...

Empresa de transporte pode ter isenção tributária

As empresas de transporte coletivo poderão ficar isentas da Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide) incidente sobre o óleo...

Taxa de emissão de boleto bancário pode ser proibida

Tramita na Câmara o Projeto de Lei 5336/05, do deputado Carlos Nader (PL-RJ), que proíbe as empresas fornecedoras de produtos e prestadoras de...

Projeto altera critério para execução trabalhista

A Câmara analisa o Projeto de Lei 5328/05, do deputado Geraldo Resende (PPS-MS), segundo o qual o sócio da empresa poderá ter seus bens pessoais...

Idosos podem ter assegurada entrada gratuita em estádios

Tramita na Câmara o Projeto de Lei 5277/05, da deputada Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM), que assegura entrada gratuita aos idosos com mais de 60 anos...

Militar pode ter passagem interestadual gratuita

Tramita na Câmara o Projeto de Lei 5416/05, da deputada Edna Macedo (PTB-SP), que autoriza policiais e bombeiros militares a viajarem gratuitamente...

TST cancela Orientação Jurisprudencial sobre contribuição sindical patronal

O Pleno do Tribunal Superior do Trabalho cancelou a Orientação Jurisprudencial nº 290 que declarava a incompetência da Justiça do Trabalho para...

Criação do Conselho Superior leva TST a mudar Regimento Interno

O Pleno do Tribunal Superior do Trabalho cancelou a Súmula 321 que estabelecia o cabimento de recurso ao TST contra atos administrativos dos...

Temas relacionados

Notícias

Direito Penal

Outras matérias

Todas as matérias organizadas por assunto


Central Jurídica

Todos os direitos reservados.

Proibida a reprodução total ou parcial sem autorização.

Política de Privacidade