Parte dos livros poderá ter versão obrigatória em braile

Notícias - Diversos - Quinta-feira, 28 de julho de 2005

As editoras poderão ser obrigadas a reproduzir em braile ou em meio magnético pelo menos 5% de todas as obras publicadas, para que sejam acessíveis aos portadores de deficiência visual. Essa é a principal determinação do Projeto de Lei 5486/05, do deputado Clóvis Fecury (PFL-MA).

De acordo com a proposta, o Ministério da Educação será obrigado a adquirir essas reproduções para seus programas suplementares de material didático. Essa determinação deverá respeitar a proporcionalidade entre o número dos livros comprados e o número de alunos portadores de deficiência visual.

O projeto também estabelece que os programas do Ministério da Cultura voltados ao fomento da leitura ofereçam às bibliotecas livros em braile ou em meio magnético.

Clóvis Fecury argumenta que o artigo 227 da Constituição garante aos portadores de deficiência o exercício dos direitos fundamentais, essenciais à prática da cidadania. Ao mesmo tempo, no artigo 215, a Constituição garante a todos os cidadãos o pleno exercício dos direitos culturais e o acesso às fontes da cultura nacional.

O projeto tramita em caráter conclusivo. Ele será analisado pelas comissões de Seguridade Social e Família, onde já foi designado relator o deputado Eduardo Barbosa (PSDB-MG); de Educação e Cultura; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Matérias relacionadas

Proprietário de imóvel tombado pode ser indenizado

O proprietário de imóvel que sofra desvalorização em conseqüência de tombamento poderá receber indenização, caso seja aprovado o Projeto de...

Motorista profissional de baixa renda pode ter CNH grátis

A Câmara vai analisar o Projeto de Lei 5445/05, do deputado Givaldo Carimbão (PSB-AL), que determina a emissão gratuita da Carteira Nacional de...

Deslocamento para trabalho no campo pode ser remunerado

A Câmara analisa o Projeto de Lei 5444/05, do deputado Moacir Micheletto (PMDB-PR), que determina que o tempo de percurso do trabalhador rural entre...

Atividades de coleta de lixo podem ser regulamentadas

As profissões de coletor, catador e reciclador de lixo urbano poderão ser regulamentadas. A Câmara está analisando o Projeto de Lei 5649/05, do...

Vínculo empregatício com ordem religiosa pode ser restrito

Tramita na Câmara o Projeto de Lei 5443/05, do deputado Takayama (PMDB-PR), que proíbe vínculo empregatício ou relação de trabalho entre...

Empresas do mesmo dono podem ser proibidas em uma mesma licitação

A Câmara vai analisar o Projeto de Lei 5440/05, da deputada Ann Pontes (PMDB-PA), que proíbe a participação simultânea, em determinada...

Projeto restringe terceirização de mão-de-obra

A Câmara analisa o Projeto de Lei 5439/05, que restringe a contratação de mão-de-obra por empresa interposta. Pela proposta, da deputada Ann...

Município poderá cobrar infra-estrutura de concessionárias

O Projeto de Lei 5646/05, do deputado Enio Tatico (PL-GO), determina que as empresas concessionárias de serviços de telecomunicações, de energia...

Deputado propõe alistamento e voto facultativos

A Proposta de Emenda à Constituição 430/05, do deputado Moreira Franco (PMDB-RJ), torna o voto facultativo. O deputado argumenta que a escolha dos...

Emenda Constitucional dispensa 2º turno quando diferença for superior a 20%

A Câmara analisa a Proposta de Emenda à Constituição 429/05, do deputado Moreira Franco (PMDB-RJ), que dispensa o segundo turno nas eleições...

Temas relacionados

Notícias

Diversos

Outras matérias

Todas as matérias organizadas por assunto


Central Jurídica

Todos os direitos reservados.

Proibida a reprodução total ou parcial sem autorização.

Política de Privacidade