Exigência de separação antes do divórcio mais próxima do fim

Notícias - Direito de Família - Sexta-feira, 25 de novembro de 2005

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) aprovou a admissibilidade da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 413/05, que permite a dissolução do casamento civil pelo divórcio consensual ou litigioso sem necessidade de prévia separação judicial. Agora, será formada comissão especial para analisar a proposta, apresentada pelo deputado Antonio Carlos Biscaia (PT-RJ).

Segundo Antonio Carlos Biscaia, a proposta foi sugerida pelo Instituto Brasileiro de Direito de Família, entidade que congrega magistrados, advogados, promotores de justiça, psicólogos, psicanalistas, sociólogos e outros profissionais que atuam no âmbito das relações de família e na resolução de seus conflitos.

Segundo Biscaia, a coexistência dos institutos da separação (antigo desquite) e do divórcio justificava-se no contexto da aprovação da Lei do Divórcio, em 1977, mas nos dias de hoje representa um ônus injustificado para os casais que decidem extinguir seu vínculo matrimonial. "Criou-se uma duplicidade artificial entre dissolução da sociedade conjugal e dissolução do casamento, como solução de compromisso entre divorcistas e antidivorcistas, o que não mais se sustenta", acrescenta o deputado.

O autor da PEC afirma que a submissão do casal a dois processos judiciais (o da separação e o do divórcio por conversão) resulta em acréscimo de despesas e no prolongamento de sofrimentos. Para ele, a existência de um só processo evitará que a intimidade e a vida privada dos cônjuges e de suas famílias sejam trazidos ao espaço público dos tribunais.

Ainda segundo Biscaia, a grande maioria dos processos são iniciados ou concluídos amigavelmente. "A preferência dos casais é nitidamente pelo divórcio, que apenas prevê a causa objetiva da separação de fato, sem imiscuir-se nos dramas íntimos; afinal, qual o interesse público relevante em se investigar a causa do desaparecimento do afeto ou do desamor?", indaga.

A proposta será agora encaminhada à análise de uma comissão especial de deputados, antes da votação em dois turnos no plenário.

Matérias relacionadas

Busato diz ser lamentável projeto de lei que prega fim do Exame de Ordem

O presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil, Roberto Busato, classificou como “lamentável” o projeto de lei do deputado federal Max...

Municípios poderão receber compensação por presídios

A criação de medidas compensatórias para os municípios em que sejam construídas unidades prisionais é o objetivo do Projeto de Lei 6111/05, de...

Quem não cuidar de bens apreendidos poderá receber punição

Os responsáveis por bens apreendidos por ordem judicial poderão ser punidos caso o material sob sua guarda seja depredado entre a data da...

Aposentados poderão receber 13º salário em duas parcelas

A Câmara analisa o pagamento do 13º salário dos aposentados em duas parcelas: a primeira em junho e a segunda em dezembro. O parcelamento é...

Câmara analisa três projetos sobre porte de arma

A Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado analisa três projetos que determinam as situações em que poderá ser permitido o...

Tráfego de veículos com faróis acesos em rodovias pode ser obrigatório

A Comissão de Viação e Transportes aprovou substitutivo do Senado ao Projeto de Lei PL 2959/00, do ex-deputado Wilson Santos, que determina o...

Câmara aprova ampliação do ensino fundamental para 9 anos

A Câmara aprovou no último dia 24 o texto substitutivo ao Projeto de Lei 3675/04, que amplia a duração do ensino fundamental de oito para nove...

Exibição obscena na internet pode ser criminalizada

A Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática analisa o Projeto de Lei 1070/95, do ex-deputado Ildemar Kussler, que tipifica o...

Tropas brasileiras permanecerão no Haiti por mais seis meses

O ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, anunciou que as tropas do Conselho de Segurança das Nações Unidas que estão no Haiti,...

TST adapta jurisprudência às mudanças constitucionais

A ampliação das atribuições da Justiça do Trabalho (JT), promovida pela Emenda Constitucional nº 45 de 2004 (EC 45/04), está dando nova...

Temas relacionados

Notícias

Direito de Família

Outras matérias

Todas as matérias organizadas por assunto


Central Jurídica

Todos os direitos reservados.

Proibida a reprodução total ou parcial sem autorização.

Política de Privacidade