Policiais civis e advogado condenados por crime de extorsão

Julgados - Direito Penal - Terça-feira, 19 de julho de 2005

O juiz de Direito da 2ª Vara da Comarca de São Miguel do Oeste, em Santa Catarina, Marcelo Pons Meirelles, condenou no dia de hoje, 19, o advogado Odilo Hilário Lermen, e os policiais civis Ricardo Hoffmann e Gabriel Dal Magro, cada um, à pena de 06 (seis) anos de reclusão e pagamento de 66 (sessenta e seis) dias-multa, pelo crime de extorsão qualificada.

Com relação aos policiais foi ainda decretada a perda da função pública. O regime inicial de cumprimento das penas é semi-aberto, não tendo sido permitido aos acusados recorrerem em liberdade, uma vez que já se encontram presos desde março deste ano, em virtude de prisão preventiva.

Segundo os autos, os acusados, em conjunto, passaram a extorquir a vítima Gerri Adriani Lagni, exigindo-lhe a quantia de R$ 15 mil, para que os mesmos deixassem de investigar seu irmão, não prendessem outro que se encontra foragido e não ´arrumassem` um processo para a própria vítima.

Após interceptações telefônicas, autorizadas pela Justiça, a trama começou a ser desmascarada, culminando ainda com a prisão do advogado, no momento em que esse recebia um veículo da vítima como forma de pagamento.

Matérias relacionadas

Atendimento médico deficiente gera dever de indenização da seguradora

Seguradora de saúde deve indenizar por dano moral e material ao não cumprir contrato quando a segurada passou por acidente durante viagem...

Sentença limita em 11,69% aumento dos planos de saúde da Bradesco

O Juiz de Direito Giovanni Conti, da 15ª Vara Cível de Porto Alegre, determinou liminarmente à Bradesco Saúde S/A que observe resolução da...

Supressão de instância leva à anulação de processo

A supressão de instância - irregularidade em que a instância superior julga matéria não examinada pela instância inferior -, afronta o...

Vedado reajuste automático com base no salário-mínimo

A Seção Especializada em Dissídios Individuais (SDI-1) do Tribunal Superior do Trabalho vedou a vinculação ao salário-minímo, para efeito de...

Empresa consegue suspender exigência de multa por recurso protelatório

A empresa Carvalho Hosken S/A Engenharia e Construções, do Rio de Janeiro, obteve, por decisão da Presidência do Superior Tribunal de Justiça,...

Garantido a anistiado político direito à isenção de IR sobre a pensão militar

Anistiados políticos têm direito à isenção de imposto de renda e da contribuição previdenciária sobre a pensão militar. A observação foi...

Garantido à portadora de hepatite C fornecimento de remédio pelo Estado

O Estado de Mato Grosso tem o dever de fornecer a Nilza Monteiro, portadora de hepatite crônica pelo vírus C, o medicamento Interferon Peguilado...

Barcas S.A. é condenada a pagar indenização à passageira

A concessionária de transportes Barcas S.A. foi condenada a indenizar em R$ 5.200,00 a passageira Renata Gaze Vital por danos morais. A sentença...

Cabeleireira foi considerada parceira de salão de beleza, não empregada

O uso de ferramentas próprias e o ganho proporcional à capacidade de produção do trabalhador descaracterizam o vínculo empregatício. Com base...

Remuneração detalhada em contracheque afasta salário complessivo

A Segunda Turma do Tribunal Superior do Trabalho considerou a discriminação das parcelas remuneratórias no contracheque do trabalhador como...

Temas relacionados

Julgados

Direito Penal

Outras matérias

Todas as matérias organizadas por assunto


Central Jurídica

Todos os direitos reservados.

Proibida a reprodução total ou parcial sem autorização.

Política de Privacidade